Educação divulga lista preliminar das inscrições do Ganhando o Mundo Diretor - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Educação divulga lista preliminar das inscrições do Ganhando o Mundo Diretor

 


A Secretaria da Educação do Paraná divulgou nesta semana a relação das inscrições homologadas de candidatos ao Ganhando o Mundo Diretor, programa de intercâmbio, criado pelo Governo do Estado. Ainda neste ano, o programa vai levar 100 diretores das escolas estaduais para uma capacitação de duas semanas no Chile.


A lista divulgada constitui homologação preliminar dos resultados obtidos no processo seletivo, não configurando a chamada definitiva, mas sim etapa intermediária. A divulgação do resultado final da homologação das inscrições acontecerá na próxima terça-feira (9). 


“O programa, que se tornou referência no país, depois de proporcionar intercâmbios em  países da América do Norte,  Europa e Oceania a alunos e a centenas de professores da rede estadual de ensino, agora chega aos nossos diretores. Uma grande alegria podermos oportunizar essa capacitação, desta vez tendo como destino a América do Sul”, disse o secretário estadual da Educação, Roni Miranda. 

A previsão é que o primeiro grupo de diretores embarque a partir do mês que vem. As capacitações serão voltadas à gestão escolar em instituições chilenas. O investimento do Governo do Estado é de cerca de R$ 5 milhões.


Roni Miranda lembra que o Chile foi escolhido por ter o melhor desempenho da América Latina no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, o PISA, e por possuir uma proposta de formação continuada de diretores escolares alinhada à prática pedagógica no contexto escolar. Além disso, possui uma boa estrutura de políticas públicas nas escolas, impulsionando a transformação de realidades no ensino.


"Nossos diretores terão formação ministradas por grandes especialistas em avaliação e acompanhamento de professores, que acontecerá nas próprias instituições de ensino superior”, reforçou o secretário.


A iniciativa é semelhante à realizada em 2023, quando 96 professores e pedagogos da rede estadual participaram de um intercâmbio na Finlândia e no Canadá para uma experiência de cerca de quatro semanas de formação continuada em instituições de ensino superior daqueles países, que são modelos de educação para o mundo. 

GANHANDO O MUNDO – A primeira edição do programa Ganhando o Mundo aconteceu no ano de 2022,  quando 100 alunos fizeram um intercâmbio no Canadá. Na edição seguinte, outros 100 estudantes viajaram para a Nova Zelândia. No ano passado, o programa foi ampliado para professores da rede estadual, e também levou outros 40 estudantes para estudar por um semestre na França.


Em 2024, está acontecendo a maior edição Ganhando o Mundo, com foco nos países de língua inglesa. Mil estudantes embarcaram para Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Inglaterra e outros 50 deverão embarcar em agosto para os Estados Unidos. Boa parte já desembarcou no Brasil neste mês de junho, com muitas histórias pra contar. 

Em fase de convocações, o Ganhando o Mundo 2025 será a maior edição do programa e levará 1.200 alunos da rede de ensino para cinco países de língua inglesa (Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia e Reino Unido). Durante seis meses, os jovens farão curso equivalente ao Ensino Médio no Brasil, com todas as despesas pagas. Participaram do processo seletivo 12 mil alunos e, do total de 1.200 vagas abertas, 500 já estão preenchidas.


No dia 25 de junho, a Secretaria da Educação do Paraná também divulgou as primeiras chamadas dos alunos para o programa Ganhando o Mundo Agrícola. Já estão disponíveis no site da Pasta o edital com os nomes dos estudantes convocados em primeira chamada e o edital com a chamada complementar, trazendo os nomes dos convocados para substituir os primeiros desistentes.


Todo o custo do Ganhando o Mundo é arcado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria da Educação, incluindo a viagem, os cursos, a estadia, a alimentação, um seguro  e uma bolsa-auxílio para os intercambistas.  


AEN