Volkswagen vai investir R$ 3 bilhões na fábrica de São José dos Pinhais - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Volkswagen vai investir R$ 3 bilhões na fábrica de São José dos Pinhais

 

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta segunda-feira (17) do anúncio de R$ 3 bilhões em novos investimentos da Volkswagen no Paraná, na fábrica da empresa em São José dos Pinhais. Os recursos serão usados pela montadora alemã diretamente na linha de montagem da Região Metropolitana de Curitiba. Durante o evento, também foi firmado um acordo de R$ 11,7 milhões da empresa com o Governo do Estado para investimentos em projetos de saúde e qualificação profissional.

Os R$ 3 bilhões a serem investidos pela Volkswagen contemplam a fabricação de uma picape inédita e do sedã Novo Virtus, que serão comercializados no mercado brasileiro e que também serão exportados, a exemplo de outros modelos já fabricados em São José dos Pinhais com destino ao mercado internacional. Em 25 anos de presença no Paraná, a empresa produziu 3 milhões de automóveis das marcas Volkswagen e da Audi, que também integra o portfólio do grupo.

“Esses novos investimentos na planta de São José dos Pinhais vão garantir o aumento da capacidade de produção da fábrica e são uma garantia da continuidade dessa indústria por mais 25 a 30 anos no Paraná, gerando mais empregos e renda no Estado e consolidando o Paraná como o segundo maior polo automotivo do Brasil”, afirmou Ratinho Junior.

Segundo o governador, a cadeia produtiva das montadoras é muito extensa, pois não envolve apenas os empregados diretos da unidade fabril, mas fornecedores de peças, equipamentos e insumos espalhados por todo o Estado. Atualmente, a Volkswagen opera em parceria com 54 fornecedores diretos e indiretos no Paraná e que representam 20% dos parceiros em nível nacional. Com eles, a empresa efetuou R$ 5 bilhões em transações comerciais apenas em 2023.

PARANÁ COMPETITIVO – Ratinho Junior também destacou a importância das contrapartidas sociais da empresa por meio do programa Paraná Competitivo. Dos R$ 11,7 milhões a serem investidos pela empresa, mais de R$ 9,2 milhões serão usados na compra de equipamentos, como aparelhos para ressonância magnética, tomografia, cintilografia e hemodinâmica, para quatro hospitais: Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, Hospital da Providência, em Apucarana, Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho e Irmandade da Santa Casa de Arapongas. 

Os outros R$ 2,5 milhões vão para o projeto Carretas do Conhecimento, que já leva qualificação profissional em escolas móveis há seis anos a cidades de todas as regiões do Estado. Além da parceria com Fundação Grupo Volkswagen, a iniciativa conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

“O Paraná Competivo é uma lei de atração de investimentos em que a empresa tem que fazer algumas contrapartidas, e no caso da Volkswagen ela tem nos ajudado principalmente na área da saúde, ajudando a equipar melhor os nossos hospitais, além das Carretas do Conhecimento, que buscam qualificar cada vez mais a mão de obra dos jovens por todo o Paraná”, acrescentou o governador.

CADEIA ECONÔMICA – O CEO da Volkswagen do Brasil, Ciro Possobom, disse que os 25 anos de presença da empresa no Paraná é motivo de orgulho. “A fábrica de São José dos Pinhais é uma referência global em competitividade e resultados operacionais, com o mesmo nível de qualidade das fábricas da Volkswagen na Europa”, disse. “Os R$ 11,7 milhões que serão investidos como contrapartida do Programa Paraná Competitivo são uma retribuição à população paranaense”, disse Possobom.

A empresa também possui um terminal no Porto de Paranaguá, no Litoral, para operações logísticas, por onde movimentou mais de 36 mil veículos no último ano entre exportações e importações. O volume representou 42% das operações com veículos no principal porto paranaense e terceiro maior do Brasil entre janeiro e dezembro de 2023.

De acordo com o secretário estadual da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, a Volskwagen é um exemplo de que a estratégia do poder executivo em atrair investimento privados para o Paraná deve continuar a ser fortalecida. “O Paraná Competitivo é um programa de muito sucesso que tem culminado com seguidos anúncios de investimentos de empresas nacionais e estrangeiras”, declarou. “Os empresários e empreendedores têm um papel fundamental para que o Estado tenha se tornado o que mais cresce no Brasil e o mais inovador do País”.

PRESENÇAS – Também participaram do evento os secretários estaduais do Planejamento, Guto Silva; Justiça e Cidadania, Santin Roveda; Saúde, César Neves; Fazenda, Norberto Ortigara; o presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; o deputado federal Beto Preto; o deputado estadual Luiz Fernando Guerra; a prefeita de São José dos Pinhais, Nina Singer; o presidente da Fiep, Edson Vasconcelos; o CEO da Audi do Brasil, Daniel Rojas; o chairman executivo da Volkswagen América Latina, Alexander Seitz; o gerente da planta da Volkswagen em São José dos Pinhais, César Drazul; o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), Jamil Dávila; vereadores e secretários de São José dos Pinhais.


AEN