IAT capacita 65 voluntários para atuar em incêndios em Unidades de Conservação - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

IAT capacita 65 voluntários para atuar em incêndios em Unidades de Conservação

 

O Instituto Água e Terra (IAT) formou 65 agentes que agora passam a ter capacitação para lidar com incêndios em Unidades de Conservação (UCs) no Paraná. A qualificação ocorreu no sábado (22), por meio do curso de Capacitação em Brigadistas Civis Voluntários, ministrado pela Defesa Civil com apoio do IAT e do Corpo de Bombeiros do Paraná. O objetivo é ampliar o quadro de voluntários brigadistas do Programa de Prevenção de Incêndios na Natureza (Previna), mantido pelo órgão ambiental.

O curso foi iniciado originalmente em 2023, com uma etapa teórica. Mas, por causa de condições climáticas adversas, a fase prática só pôde ser realizada agora, na UC Floresta Estadual Metropolitana, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Os novos agentes integram as regionais do IAT de Curitiba, Ponta Grossa e Litoral. Outros cursos estão previstos, expandindo a ação para o Interior do Estado.

Durante o exercício, os participantes receberam orientações da Defesa Civil sobre a utilização de equipamentos de proteção individuais (EPI) e de ferramentas de combate a incêndios. Foram, também, alertados sobre os cuidados com a fauna. Além disso, os voluntários atuaram em uma área delimitada da Floresta para aprender como lidar com as chamas.

“Como estamos entrando agora em um período mais seco, em que as chances de incêndio são maiores, ter um grupo de pessoas treinadas irá proporcionar uma resposta mais efetiva para auxiliar na contenção dessas situações”, explica o gerente de Áreas Protegidas do Instituto, Jean Alex dos Santos.

Junto à parceria com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, a etapa prática do curso contou com o suporte da prefeitura de Piraquara, que forneceu o caminhão-pipa usado nos procedimentos, e das Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa-PR), que distribuíram frutas para a alimentação dos participantes. O treinamento teve ainda a participação de representantes da Brigada Caratuva, da Federação Paranaense de Montanhismo (Fepam), do grupo Jaguatirica e do Corpo de Socorro em Montanhas (Cosmo).

VOU – Os inscritos no curso automaticamente passam a fazer parte do programa de Voluntariado de Unidades de Conservação do Paraná (VOU) como brigadistas voluntários. O VOU é uma proposta do IAT que possibilita o ingresso de pessoas que colaboram de forma espontânea em diferentes atividades de manejo e gestão para proteger as UCs do Paraná.

Os voluntários se envolvem em atividades como o atendimento ao visitante, manutenção de trilhas e/ou instalações de novos espaços, em projetos de educação ambiental e pesquisa, em trabalhos administrativos de UCs, em ações de recuperação de áreas degradadas ou ainda na implementação de projetos de manejo das UCs. Há disponibilidade de alojamento, alimentação e transporte, além de seguro contra acidentes.

Assim como o VOU, o Previna é também uma atividade voltada para voluntários, mas com foco na prevenção e para o combate aos incêndios florestais nas UCs, garantindo a preservação dos patrimônios ambientais existentes no Paraná.

O Previna foi estabelecido em 2018 com o Decreto Estadual nº 10.859 para proporcionar a preservação dos patrimônios ambientais existentes no Estado. Ele vincula ações de meio ambiente, segurança pública e defesa civil para identificar recursos e organizar a resposta, garantindo que seja rápida e efetiva. Uma parte importante do programa envolve a sociedade civil. Assim as atividades de prevenção se multiplicam.

PREVENÇÃO – Se você avistar um foco de incêndio em uma UC, o indicado é acionar o Corpo de Bombeiros pelo número 193. Durante a ligação, forneça o máximo de detalhes possível sobre o local e as condições do incêndio, para facilitar a atuação dos profissionais. Outras recomendações incluem se afastar do lugar para evitar acidentes e alertar a equipe do IAT responsável pela unidade, que também saberá como lidar com as chamas.



AEN