Governador apresenta projetos em infraestrutura e ações para prevenção de eventos climáticos - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Governador apresenta projetos em infraestrutura e ações para prevenção de eventos climáticos

 

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou, nesta terça-feira (18), os projetos de infraestrutura em andamento no Paraná e as principais ações do Governo do Estado para a prevenção contra grandes eventos climáticos durante a conferência regional Infra Sul GRI 2024, realizada em Curitiba. O evento reuniu empresários e investidores das áreas de infraestrutura, construção e mercado imobiliário para discutir investimentos que visam a adaptação climática.

De acordo com o governador, além ter o maior plano de concessões rodoviárias do Brasil, o Paraná também tem investido em pesquisa e em sistemas de alerta para desenvolver respostas à emergência climática, reforçando o planejamento de longo prazo desenvolvido pelo Estado em diversas frentes. “Nós somos guiados por um pensamento de futuro. Estamos capacitando o Paraná pensando nas próximas décadas. Isso passa pela nossa infraestrutura, mas também pela forma como encaramos o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável”, afirmou Ratinho Junior.

Entre as iniciativas apresentadas, estão a criação do Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação (Napi) Emergência Climática, da Fundação Araucária, com mais de 50 pesquisadores das universidades estaduais dedicados à avaliação de cenários e possibilidades envolvendo sustentabilidade ambiental e eventos climáticos.

“Aliado a este trabalho de pesquisa, estamos investindo cerca de R$ 90 milhões em novos radares e centros meteorológicos espalhados pelo Paraná para termos cada vez mais informações e sistemas de alerta para a população”, explicou o governador.

URBANISMO – O painel também destacou o pioneirismo paranaense no desenvolvimento de soluções urbanísticas para que as cidades consigam resistir a grandes tempestades, por exemplo.

“Curitiba é um exemplo, com seus parques, que são projetados para receber grandes volumes de água, além da normalidade, quando os rios aumentam muito seus níveis. Nós estamos levando essa ideia para o restante do Paraná, com a revitalização de áreas e criação de maciços florestais”, disse Ratinho Junior.

O programa de implantação de parques urbanos já instalou 31 complexos ambientais urbanos e tem outros 34 parques em construção ou licitação em áreas sujeitas a ações erosivas ou em regiões de fundo de vale. Os investimentos são de quase R$ 80 milhões.

O governador também apresentou os programas de reflorestamento, com distribuição de mais de 9,5 milhões de mudas de árvores nativas, e de repeixamento de rios, com mais de 10 milhões de peixes nativos distribuídos em 16 bacias hidrográficas do Estado, promovendo o equilíbrio da fauna e da flora do Paraná.

INFRAESTRUTURA – De acordo com o governador, os projetos de longo prazo também passam por um planejamento em infraestrutura que trabalhe em harmonia com o desenvolvimento sustentável e que consiga integrar as diferentes regiões do Estado.

Os investimentos, segundo Ratinho Junior, refletem a boa interlocução com a iniciativa privada, por meio de um plano de grandes concessões, e do entendimento do papel do Estado em outros investimentos.

“Pensando no desenvolvimento do Estado como um todo, nós temos o maior programa de concessões rodoviárias do Brasil, com 3,3 mil quilômetros de rodovias e mais de R$ 50 bilhões em investimentos. Isso está integrado também com investimentos nos aeroportos de São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu e Londrina, com mais de R$ 1,6 bilhão em obras de reestruturação, além de investimentos privados no Porto de Paranaguá e nas ferrovias, a exemplo da nova Ferroeste”, destacou ele.

“Paralelo a isso, nós conduzimos grandes obras em estradas estaduais e contornos urbanos, tirando do papel investimentos que eram aguardados há décadas e que vão impactar no desenvolvimento regional nos próximos anos”, disse Ratinho Junior.

Apenas em relação aos contornos, o Governo do Paraná investe R$ 870 milhões em 100 km de novos contornos rodoviários.

PRESENÇAS – Também estiveram presentes na conferência os secretários de Planejamento, Guto Silva; e de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; os diretores-presidentes da Invest Paraná, Eduardo Bekin; e da Ferroeste, André Gonçalves; o vice-presidente regional da Aegea Saneamento, Leandro Marin; o diretor de Investimentos da Maersk Group, Leonardo Levy; e o diretor-presidente da EPR Litoral Pioneiro, Marcos Moreira.


AEN