Novo aplicativo ajuda a evitar desperdício de alimentos da merenda na rede estadual - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Novo aplicativo ajuda a evitar desperdício de alimentos da merenda na rede estadual

 

Começou a ser testado neste mês, em dois colégios da rede estadual do Paraná, um aplicativo que conta a quantidade de refeições servidas diariamente a cada estudante, incluindo as repetições. A partir dos dados registrados, o Instituto Fundepar, responsável pela entrega da alimentação escolar, poderá gerir de maneira mais eficaz as remessas de alimentos, evitando o desperdício. A ferramenta foi desenvolvida pela Celepar e a Secretaria de Estado da Educação.

Cada estudante desses dois colégios recebeu uma ficha com um QRCode vinculado ao seu código de matrícula. Ao chegar ao refeitório, o aluno se dirige a um totem com um tablet logado no aplicativo, que faz a leitura do QRCode e registra o recebimento da refeição.

Essas informações chegam à Coordenação de Planejamento da Alimentação Escolar, do Fundepar, que calculará de maneira mais precisa as remessas de alimentos não perecíveis e de carnes e vegetais que devem ser enviadas a cada instituição de ensino.

“O cálculo da adesão à merenda é muito útil para termos o controle e para justificarmos valores e quantias entregues em cada colégio junto ao Tribunal de Contas do Estado", comenta Angelo Marco Mortella, diretor do Departamento de Nutrição e Alimentação do Fundepar.

Os testes acontecem em duas escolas de Curitiba: Colégio Estadual Pedro Macedo e Colégio Estadual Loureiro Fernandes. Após a finalização desse período, o sistema deve ser implementado em todos os colégios da rede estadual.

“O aplicativo, ao contar com exatidão as refeições servidas, pode auxiliar também a instituição de ensino a saber a quantidade de alimentos que deverá preparar”, diz Michel Aparecido Nocchi de Oliveira, diretor do Loureiro Fernandes. A escola serve cinco refeições diárias para os estudantes da educação em tempo integral e três para os da educação profissionalizante.

MAIS MERENDA – Iniciado em 2020 como projeto-piloto e expandido no pós-pandemia em junho de 2022, o programa do Governo do Estado Mais Merenda, da Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR), instituiu a oferta de três refeições por turno em todos os colégios da rede estadual.

No início de cada turno é oferecido um lanche com pães, bolos ou bolachas e chás, sucos, achocolatados ou bebidas lácteas, além de lanches ou frutas nas saídas dos turnos. Na merenda servida nos intervalos das aulas, os estudantes comem refeições completas, com arroz, feijão, carne, vegetais e outras guarnições.

Além da expansão no número de refeições, houve no ano passado o aumento dos tipos de carne ofertados aos colégios, ampliando a quantidade e as opções de proteínas. Para auxiliar no preparo da merenda, a equipe de nutricionistas do Fundepar envia periodicamente sugestões de cardápios e fichas técnicas das carnes para as escolas, para que os produtos sejam servidos de acordo com o planejamento.


AEN