Paraná convoca população para o Dia D da Vacinação, que ocorre neste sábado - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Paraná convoca população para o Dia D da Vacinação, que ocorre neste sábado


 Os paranaenses dos 399 municípios terão a possibilidade de atualizar a carteirinha vacinal com todos os imunizantes disponíveis pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) neste sábado (11). A ação, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesa), conta com o apoio da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e do Conselho dos Secretários Municipais da Saúde do Paraná (Cosems). O objetivo principal é a ampliação da cobertura vacinal geral.


A Saúde estima a aplicação de 1 milhão de doses do Calendário Nacional de Vacinação de rotina e das campanhas vigentes contra sarampo, gripe e Covid-19, em crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes. Serão aproximadamente 500 salas de vacinas abertas para a ação em todo o Paraná, pelo menos uma em cada um dos 399 municípios.


O secretário de Estado da Saúde, César Neves, vai acompanhar a mobilização em Curitiba, que confirmou a abertura de dez unidades, e diretores do nível central da Sesa estarão presentes ainda em Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu.


De acordo com o secretário, o Dia D da Vacinação é um movimento para incentivar a procura pelas unidades de saúde e atualizar a carteirinha de vacinação do adulto e da criança, especialmente com a diminuição da cobertura da imunização para diversas doenças.


“Essa é uma grande mobilização para alertar e sensibilizar toda comunidade sobre a importância de manter a vacinação em dia, isso permite minimizar o risco de surtos e epidemias de doenças. Importante ressaltar que a vacina não protege apenas o indivíduo, ela garante uma proteção coletiva e atua contra a transmissão. Quando há um número expressivo de vacinados, o vírus encontra dificuldades para circular. Por isso é tão importante a colaboração e adesão da população”, disse.

O presidente Cosems, Ivoliciano Leonarchik, enalteceu a iniciativa do Governo em promover a mobilização em conjunto com as secretarias municipais e com as equipes de vacinadores de Paraná.


“Será uma ação para colocar em dia as doses de proteção tanto da Covid-19 e Influenza como as demais vacinas de rotina. Queremos dar total apoio ao Dia D no Paraná e esperamos que a população entenda esse chamado. A vacinação é um ato seguro e estamos juntos para proporcionar mais esse grande movimento na saúde”, afirmou.


O presidente da AMP, Júnior Weiller, explicou a importância da participação de todos os municípios. “É preciso que estejam atuantes neste dia de mobilização para que o Paraná continue sendo o Estado de destaque em imunização e que possamos ter toda a nossa população protegida o mais rápido possível contra todas as doenças”, disse.


A diretora de Atenção e Vigilância da Sesa, Maria Goretti David Lopes, convocou a população para atualizar o esquema vacinal, com atenção especial para as crianças. “O Dia D de vacinação em todo o Paraná é um dia de mobilização, de convocação dos pais e responsáveis para que levem as suas crianças para serem vacinadas. Precisamos ampliar a cobertura em todo o Estado, proteger a população. O SUS tem inúmeras salas de vacinas que estarão abertas atendendo as pessoas e garantindo o direito de proteção à saúde, promovendo a vida”, disse.

DADOS – O Paraná prorrogou a Campanha de Vacinação contra a gripe e sarampo, que teve início no dia 4 de abril. A cobertura vacinal contra a gripe, cuja a meta é de 90%, atingiu apenas 52,5%. O sarampo, que tem meta de 95%, chegou a 37,47% de cobertura nas crianças.


Outra campanha em andamento é da vacinação contra a Covid-19. O Estado reforça a necessidade da continuidade da vacinação contra a doença, que tem cobertura da dose de reforço de 50,60%.


Também estão baixas as de rotina: BCG (77,23%), Febre Amarela (71,38%), Hepatite A (77,39%), Hepatite B (57,18), Meningocócica (78,77%), Pentavalente (78,23%), Pneumocócica (80,46%), Poliomielite (77,19%), Rotavírus (78,41%), Tríplice Viral (82,45%) e HPV em meninas (62,51%) e meninos (46,10%).

PÚBLICOS – A campanha de Influenza é disponibilizada para toda a população acima de seis meses de idade e os grupos prioritários são crianças, gestantes, puérperas, idosos, com 60 anos e mais, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde. A Campanha de Vacinação contra o Sarampo tem foco nas crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos.  


A população acima de cinco anos deve atualizar seu cartão vacinal, conforme o esquema preconizado pelo PNI, sendo que pessoas de cinco a 29 anos não vacinadas ou com esquema incompleto devem receber ou completar o esquema de duas doses de tríplice viral. Pessoas de 30 a 59 anos de idade não vacinadas devem receber uma dose da tríplice viral.


Trabalhadores de Saúde, independentemente da idade, devem receber duas doses de tríplice viral, conforme situação vacinal encontrada.


A vacina da Covid-19 está disponível para toda a população a partir dos 5 anos. Os trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos devem atualizar esquema primário, 1ª dose de reforço e/ou a 2ª reforço, conforme intervalo preconizado (quatro meses da última dose).


As vacinas do calendário vacinal de rotina podem ser visualizadas em https://www.saude.pr.gov.br/Pagina/Vacinas

AEN