PT rejeita filiação da atriz e "pré-candidata" Tigresa VIP - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

PT rejeita filiação da atriz e "pré-candidata" Tigresa VIP

A atriz Esther Caroline Perralto, conhecida como “Tigresa VIP”, teve a filiação barrada pelos dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) do Mato Grosso, nesta sexta-feira, 22. Com a decisão, ela fica impedida de disputar a vaga de deputada estadual, nas eleições deste ano, pelo partido. A pré-candidatura da mato-grossense chegou a ser efetivada na última semana durante reunião na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), junto com outros nomes do partido.

Segundo o presidente regional do PT no Mato Grosso, deputado estadual Valdir Barranco, a Comissão da Executiva do PT decidiu, por maioria, anular o processo de filiação da Tigresa VIP. A possível candidatura da atriz não repercutiu bem nas redes sociais. Segundo o dirigente, no dia 18 de abril, a Executiva determinou que Ester deveria ter a filiação suspensa. 

Barranco acusa o deputado Lúdio Cabral (PT) de interferência e de fazer um lançamento de filiação no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sem consultar o diretório municipal. “Esta filiação feriu de morte o nosso regramento e ela teve a filiação suspensa, por decisão não só da Executiva Estadual, mas também pelo Diretório Nacional do PT”, enfatizou. 

Confira nota do PT:

A Comissão Executiva Estadual pautou a suspensão da filiação da Sra. Ester Caroline Henrique Bonometo Pessato e por 9 (nove) votos favoráveis pela suspensão da filiação,  1(um) voto contrário e 2(duas) abstenções, a mesma teve sua filiação suspensa dos quadros do Partido dos Trabalhadores, sendo imediatamente removida da lista de filiados. Informo-lhe também, que quando consultado, o presidente do Diretório Municipal de Barão de Melgaço, onde a mesma se filiou, companheiro Rogério, nos informou só ter tomado conhecimento da filiação da Sra. Ester, pela imprensa. A Direção Estadual do PT segue no firme propósito de construir militâncias com compromisso e responsabilidade”, diz trecho da nota assinada por Barranco.


Fonte: O Povo