Com aumento de casos, Estado estuda reforçar campanhas contra a dengue - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Com aumento de casos, Estado estuda reforçar campanhas contra a dengue


 A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou nesta quarta-feira (13) a primeira reunião do Comitê Intersetorial de Controle da Dengue no Paraná, do período epidemiológico 2021/2022. O encontro, que envolveu diversas secretarias e órgãos do Estado, além de representantes do Serviço Social do Comércio (Sesc/PR), teve como finalidade propor um balanço e ampla análise das medidas já adotadas para o combate do mosquito, considerando também a atual situação da doença e possíveis novas ações.


O secretário de Estado da Saúde, César Neves, destacou a importância do encontro e o alinhamento das ações. “Estamos notando um grande aumento nos casos em um período não sazonal, já se aproximando do inverno. Diante desse diagnóstico é importante manter o alinhamento entre as secretarias e os órgãos do Estado para que possamos combater essa doença da maneira mais efetiva possível”, assinalou.

O boletim semanal da dengue, divulgado nesta terça-feira (12), confirma mais três óbitos, totalizando cinco mortes pela doença neste período epidemiológico (de 1º de agosto de 2021 a julho de 2022). Também foram confirmados mais 4.882 casos, somando 16.560 confirmações. São 12.465 novas notificações, totalizando 65.040 registros em 360 municípios (sete a mais do que o anterior). Há ainda, 19.051 casos em investigação.


A coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, apresentou o quadro epidemiológico do Estado e enfatizou a necessidade de reforçar as campanhas. “O Paraná tem registrado uma expansão alarmante dos casos de dengue. Estamos monitorando todos os municípios, principalmente as áreas com maior incidência. É imprescindível fortalecer as campanhas de enfrentamento neste momento para que tenhamos maior adesão nesse combate”, avaliou.

SESC – Com a campanha “Aqui o mosquito não entra”, iniciada em 2021, o Sesc/PR propôs a criação de um aplicativo para que as pessoas registrem suas ações diárias de combate à doença, sobretudo pela eliminação de focos. A estratégia teve como objetivo conscientizar sobre áreas como saúde e meio ambiente. Para participar da atividade basta fazer o download do aplicativo Sesc. O passo a passo pode ser conferido  https://www.sescpr.com.br/contradengue/


“Essa estratégia garantiu engajamento em todos os municípios do Estado, unindo informação, ação e interatividade. As ações integradas à Sesa e as Regionais de Saúde são fundamentais para que possamos conscientizar o maior número de pessoas”, afirmou a representante do Sesc, Suelen Costa.


Durante a reunião, a Assessoria de Comunicação da Sesa pontuou ações realizadas desde 2019, além de novas propostas para intensificar a campanha “Paraná contra a Dengue – Mude sua atitude”. Com forte presença midiática, a Sesa tem expandido o alcance e divulgação de materiais tanto de ordem impressa como digital.

PRESENÇAS – Também participaram da reunião Liana Bacil, representando a Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social do Estado (Sudis); Orlando Bonetti, pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu); Carlos Mário Pereira, da Casa Civil; Hernani Bergossi, da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná; Ricardo Hoffman, da Casa Militar; Silvio dos Santos, da Secretaria de Estado da Segurança Pública; Gerson Cândido Rocha, da Defesa Civil; Ediane Mance, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde; e Isael Pastuch, da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho.

AEN