UTI Covid do hospital São José será desativada no final do mês em Laranjeiras do Sul - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

UTI Covid do hospital São José será desativada no final do mês em Laranjeiras do Sul



O Hospital São José de Laranjeiras do Sul informou a população sobre o ofício 499/2021 DGS que DESATIVA os leitos de retaguarda clínica para atendimento de usuários do SUS com infecção pelo Novo Coronavírus, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) COVID-19. Tal decisão foi tomada de acordo com a baixa taxa de ocupação média dos leitos exclusivos COVID - 19 na Macro Região Leste, com base na deliberação CIB Nº 143.


O hospital foi comunicado pelo governo do Estado do Paraná da desativação, em 21 de dezembro de 2021. Sobre os possíveis novos internamentos de casos suspeitos e/ou confirmados de COVID-19, de acordo com ofício 001/2022 DIR/DVAGS/SCRACA poderão ser internados em qualquer leito, ou seja, nos leitos gerais de qualquer Instituição Hospitalar. Os leitos de UTI serão pagos apenas POR OCUPAÇÃO, não mais pela disponibilidade.


O ministério da Saúde através de publicação em diário Oficial através da portaria 4.226 de 31 de dezembro de 2021, também informou a desmobilização e pagamentos de leitos de UTI Covid – 19, ficando autorizados até a data de 31/01/2022, sendo desautorizado automaticamente a partir desta data, e não serão mais autorizadas novas propostas de solicitações de UTI COVID-19.


A partir da DESABILITAÇÃO da UTI Covid no hospital , é de prioridade máxima a habilitação por parte do Ministério da Saúde, dos 10 leitos Gerais de UTI no instituto. Atualmente a unidade hospitalar no que tange a estrutura física e de profissionais da saúde está em plena capacidade de condução da UTI Geral que visa atender toda a região. 
Ocorre porém que ainda há incertezas do custeio da UTI Geral. E diante dos comunicados, o Instituto São José decidiu conduzir os trabalhos da UTI até o mês de fevereiro de 2022.


 Nesse sentido o Ministério da Saúde, Estado e municípios deverão até esse mês definir os valores de repasse para a garantia de funcionamento da UTI Geral em Laranjeiras do Sul.
De acordo com a Diretora Administrativa do ISJ Marly Regina Maçaneiro, o Instituto está aguardando que após o período de férias e recessos dos Poderes, haja uma reunião para o alinhamento de custos da UTI em Laranjeira do Sul. “A UTI abriu em maio de 2020, recebeu uma grande ajuda de todos os prefeitos da região da Assiscop. Somente na nossa enfermaria atendemos 1088 pacientes internados, e nesse contexto é importante que a região tenha disponível esses 10 leitos abertos.” Para ajudar salvar vidas, é essencial que tenhamos a UTI no município, e esses pacientes não tenham que se deslocar a outros centros para atendimento, relata Marly.



O convênio para CUSTEIO da até então UTI-Covid venceu em 31/12/2021. De acordo com Marly no início de fevereiro se almeja uma reunião com os prefeitos da Assiscop para apresentação dos custos da UTI Geral e formalização de um novo convênio. O SUS tem um custeio de R$ 468,00 para paciente no leito. O custo no ISJ para o internamento é de R$ 1.100,00 a R$ 1.200,00, por paciente e se faz necessário um complemento. Contudo buscamos ajuda com os deputados e prefeitos da região para a garantia do pleno funcionamento da ITI em Laranjeiras do Sul, finalizou Marly.


Fonte:Rádio Campo Aberto