OMS indica que a Ômicron pode determinar fim da pandemia na Europa - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

OMS indica que a Ômicron pode determinar fim da pandemia na Europa


 O diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, Hans Kluge, disse à Agence France-Presse (AFP) neste domingo (23) que há a possibilidade da variante Ômicron determinar o fim da pandemia da Covid-19 no continente Europeu. Estudos indicam que a nova variante pode infectar 60% do continente antes de março.

“É plausível que a região esteja se aproximando do fim da pandemia”, disse Kluge, no entanto, ele pede precaução devido a variabilidade do vírus. Na mesma toada vai o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que, sendo cauteloso, indicou ser perigoso determinar o fim da pandemia.

Os dois seguiram a mesma linhagem ao indicar que é possível sair da fase mais grave da pandemia ainda neste ano. Ainda à AFP, Kluge indicou que a alta contaminação pela nova variante e também a vacinação trará uma imunidade global por meses e semanas.

“Assim que a onda ômicron se acalmar, haverá imunidade global por algumas semanas e meses, seja graças à vacina ou porque as pessoas terão sido imunizadas pela infecção, e também uma queda devido à sazonalidade”

Contudo, como indicou Tedros, os casos de Covid-19 devido a Ômicron seguem subindo e já foram registrados mais de 80 milhões no mundo pela organização. Os números de casos já são maiores que os registrados em todo o ano de 2020. Ele ainda ainda afirmou que as condições são ideais para o surgimento de novas variantes.

REDE TV