Projeto De Lei Disciplina Processo Seletivo Para Despachantes - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Projeto De Lei Disciplina Processo Seletivo Para Despachantes

 

Deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), um dos autores do projeto de lei.. Créditos: Dálie Felberg/Alep

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou nesta quarta-feira (15) o projeto de lei 741/2021 que disciplina a realização de processo seletivo para o credenciamento de Despachantes de Trânsito. A proposta da nova legislação é de autoria dos deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB), Ademar Traiano (PSDB), Alexandre Curi (PSB) e Michele Caputo (PSDB).

A lei estabelece que o Departamento de Trânsito (Detran) será responsável pelo concurso, credenciamento e supervisão de despachantes. Os deputados justificam que a medida permitirá ampla concorrência e vai propiciar a seleção de pessoal com "qualificação suficiente à prestação de serviços, em harmonia ao princípio constitucional da eficiência".

Segundo Romanelli, a proposição atualiza e substitui a lei estadual 17.682, de 2013. "A atividade de despachante de trânsito é de interesse público e a nova lei dá maior clareza aos deveres e as proibições para prestar o serviço", informa o deputado. "O texto que propusemos trata a questão de forma mais objetiva e constitucional", explica.

A lei estabelece que o Detran, por ato do diretor-geral do órgão, vai credenciar despachantes com base no número de veículos registrados em cada um dos municípios do Paraná, "atendido o critério de, no mínimo, dez mil veículos para cada despachante". A legislação assegura a manutenção de credenciais já existentes e estabelece que o cancelamento da autorização pode ocorrer a qualquer tempo.

Provas

O processo seletivo previsto na lei terá validade de dois anos e será regido por edital. As provas devem conter questões de português; matemática; legislação de trânsito; legislação relativa ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e sobre a autorização e o credenciamento de despachantes de trânsito; além de noções de direito constitucional, administrativo, civil e penal.

ALEP