Ipem-PR participa da operação nacional do Inmetro, chamada “Energia Segura” - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Ipem-PR participa da operação nacional do Inmetro, chamada “Energia Segura”


 O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) participa da operação nacional “Energia Segura”, comandada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), envolvendo todos os órgãos delegados nos Estados. A ação vai até esta sexta-feira (03).


O objetivo é a  fiscalização na venda de cabos e fios elétricos, que devem estar de acordo com normas do Inmetro, garantindo a eficiência dos materiais e a segurança nas instalações que utilizam esses produtos, como instalações elétricas em residências, empresas, indústrias, entre outros locais.


O gerente de Fiscalização do Ipem-PR, Roberto Tamari, disse que o instituto deu prioridade por fiscalizar empresas que produzem fios e cabos elétricos. Entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro foram fiscalizados 3.608 produtos em cinco empresas fabricantes de cabos condutores de eletricidade.


“Nessa operação, até agora, foram encontrados 74 produtos irregulares com resistência superior ao permitido”, disse.


Ele explica que muitos fabricantes diminuem a quantidade de cobre nos condutores durante a produção, o que pode ocasionar mau funcionamento elétrico dos aparelhos eletroeletrônicos, superaquecimento da fiação elétrica, curtos-circuitos, com riscos de incêndio, inclusive.

Roberto Tamari deu um exemplo de irregularidade. “A indicação no fio ou cabo é de 4 milímetros, mas a capacidade deste condutor equipara-se a um fio ou cabo de 2,5 milímetros. Além do consumidor pagar um preço alto por um produto que não está levando, corre o risco de provocar acidentes com o superaquecimento do fio ou cabo", afirmou.


O consumidor, ao adquirir esses produtos, deve observar a presença do selo do Inmetro, pois o registro no instituto nacional é obrigatório, indicando que passaram por ensaios para verificar as normas vigentes.


FISCALIZAÇÃO – Os fiscais do Ipem-PR utilizam um micro-ohmímetro portátil para realizar os ensaios nos locais fiscalizados, onde verificam a resistência elétrica dos condutores elétricos, observando se a indicação corresponde à capacidade real do produto, identificando a possibilidade de fraudes contra os consumidores.

O ensaio de resistência elétrica consiste na medida da oposição de um material ao fluxo de corrente elétrica. Quanto maior for a resistência, mais o material opõe à passagem da corrente, o que provoca o aquecimento, podendo levar a um acidente, como incêndio, por exemplo.


O Ipem-PR, órgão delegado do Inmetro, realiza todas as ações necessárias para o cumprimento das regulamentações, autuando quando necessário os responsáveis pelas irregularidades apresentadas durante as fiscalizações.

AEN