Assembleia Homenageia Casal Que Há 30 Anos Desenvolve Trabalho de Evangelização na Pastoral Familiar - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Assembleia Homenageia Casal Que Há 30 Anos Desenvolve Trabalho de Evangelização na Pastoral Familiar

 

O casal João Bosco Lugnani e Aparecida Eunides Galli Lugnani foi homenageado na Assembleia Legislativa do Paraná.. Créditos: Dálie Felberg/Alep

São 30 anos dedicados à evangelização das famílias junto à Pastoral Familiar. O casal João Bosco Lugnani e Aparecida Eunides Galli Lugnani destina parte de seu tempo aos trabalhos pastorais da Igreja Católica. Nesta segunda-feira (29), em razão das ações desenvolvidas por eles, receberam da Assembleia Legislativa do Paraná uma Moção de Louvor e Aplausos pelos serviços prestados junto Pastoral Familiar da Igreja Católica e para as famílias paranaense.

A homenagem foi proposta pelo deputado Marcio Pacheco (PDT), que destacou o trabalho realizado por eles e reconhecido nacionalmente.

“A homenagem é um gesto de verdadeiro prestígio, a quem entendo que merece homenagem que é caso desse casal. Essa Casa se alegra nesta tarde. São 53 anos de casados, muito tempo de dedicação, doação de um para com o outro e que transcendeu para outras famílias”, disse Pacheco. “Por essa doação, mas também por conta do projeto pedagógico tão bonito que desenvolveram e é alicerce dentro do instituto, para preparar tantos outros casais formadores Brasil agora. A família é uma instituição sagrada e a Pastoral tem esse papel, de fazer da família uma instituição sólida, na fé de Jesus e nas orientações que a Igreja passa”.

O casal João Bosco e Aparecida elaborou um projeto pedagógico que deu aos agentes mais discernimento e clareza em seus trabalhos pastorais, deixando claro que esse projeto pedagógico impactava positivamente na vida pessoal e familiar de quem o fazia. Esse projeto pedagógico nasceu na cidade de Curitiba e logo ganhou o território nacional vindo a ser amplamente utilizado em todo território nacional tendo mais de 20 mil exemplares impressos.

Aparecida disse estar honrada com a homenagem recebida e ressaltou que todo o trabalho realizado foi feito por amor à Deus e às pessoas. “Estamos muito honrados e agradecidos com essa homenagem. Sempre fizemos o nosso trabalho sem esperar nada em troca, foi totalmente voluntário por amor à Deus e às pessoas. Mas a gente é humano e se sente envaidecido com essa homenagem”, disse. “Como dizia o deputado, a família é um dos elementos mais atacados na nossa cultura, na nossa sociedade, mas acreditamos que a família é um projeto de Deus e, por mais que seja atacada, enquanto tiver gente lutando pela família projetada por Deus, ela vai vencer”, completou.

Aparecida agradeceu aos filhos pela compreensão de certas ausências e ao “dom” recebido para levar o trabalho da Pastoral Familiar adiante. “Agradeço nesse momento primeiramente à Deus, que é o autor dos dons que nos ajudaram a fazer esse trabalho, e de modo especial aos nossos filhos, pois sempre que fizemos o trabalho para os outros, tivemos que deixar um pouco os nossos filhos”.

Já João Bosco, disse que o “agradecimento faz parte da nossa vida quando vivemos em comunhão. Nós dedicamos esse tempo às famílias, porque amamos profundamente as famílias. Nós amamos a família que não conhecemos e dizemos isso com plena sinceridade. Não precisamos conhecer as famílias para amar. Por isso serviremos às famílias com carinho e com amor enquanto viermos aqui na terra”.

ALEP