São Mateus do Sul recebeu o título de Capital Polonesa do Paraná - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

São Mateus do Sul recebeu o título de Capital Polonesa do Paraná

  Capital Polonesa do Paraná: entrega do título oficializa o legado evidente. E presente

São Mateus do Sul recebeu o título de Capital Polonesa do Paraná, por meio da Lei Estadual 20.655/2021, em razão do seu patrimônio histórico, cultural, arquitetônico, linguístico, turístico e dos saberes. Um imenso legado construído por imigrantes e seguido por inúmeros descendentes de poloneses, representada na II Polskie Smaki no sábado (28/08) pela permanência da história, cultura, língua, artesanato e gastronomia.

Se a carroça polonesa é elemento presente na história do Paraná, também passou pelas Avenidas Ozy Mendonça de Lima e Ulisses Faria. Da mesma forma cavaleiros, representando os tropeiros e uso no trabalho rural, e a santa polonesa Nossa Senhora de Częstochowa. Cortejados pelos lojistas, moradores e muitas outras pessoas no desfile com os organizadores e amantes da cultura de origem na Polônia, mantendo as regras sanitárias em vigor.

A Rua do Mathe, espaço coberto em São Mateus do Sul, abrigou a II Polskie Smaki, depois do desfile organizado por entidades, na festividade que teve à frente o Grupo Folclórico Karolinka e o Rotary Club, com apoio da Prefeitura de São Mateus do Sul, Codesamas, CDL e Associação Comercial. Isso após a primorosa passagem da história, cultura e permanências vivas desfilando seus valores e riqueza imaterial e material pelas ruas centrais do município.

A entrega oficial do título foi realizada no meio da tarde. Para o presidente da Fundação Cultural de São Mateus do Sul, José Carlos Janowski (que dois dias antes comemorou 73 anos de idade), foi um ato emocionante. Ao ser procurado pelo proponente, deputado estadual Emerson Bacil, o descendente de poloneses (que até praticamente respira em polonês) ficou emocionado com a oficialização da Capital Polonesa do Paraná: São Mateus do Sul.

“Foi o Tradycje Polskie que deu esse pique inicial”, recorda. José Carlos junto da professora e historiadora Hilda Jocele Digner Dalcomuni criaram a justificativa do Projeto de Lei de Emerson Bacil, depois tendo na coautoria o parlamentar Evandro Araújo. “Meu Deus do Céu quase chorei”, definiu. O presidente da Fundação Cultural não escondeu a emoção de agora ver São Mateus do Sul com o título, de fato e de direito, valorizando a história e as permanências.

José Carlos e um grupo de descendentes poloneses comandam o programa de rádio local dedicado às Tradições Polonesas, o Tradycje Polskie, desde 1993. Ele foi o escolhido para falar em nome da etnia diante de todos, na entrega do título de Capital Polonesa do Paraná. “Não tive dúvidas em procurar o seu José Carlos por saber do quanto ele representa e do conhecimento que possuí sobre os poloneses”, relembra o deputado Bacil.

“Somos a Capital Polonesa do Paraná e isso resgata o orgulho, a história, a cultura que permanece viva, além da dança, arquitetura, língua polonesa, artesanato, culinária e outros tantos valores desse patrimônio que é de São Mateus do Sul e da região. Um título que simboliza e valoriza nosso povo, nossos imigrantes e nossa formação histórica e cultural”, disse o deputado esboçando gratidão ao povo são-mateuense e todos pela união em torno desse propósito.

A prefeita Fernanda Sardanha destacou, também, essa união e esforço de todos, de toda comunidade. “Significado e pertencimento à cultura e história polonesa”, definiu. Da mesma forma o vice-prefeito Adão Staniszewski descrevendo essa valorização que a Lei concede para São Mateus do Sul. “É a festa do pertencimento, da cultura e valores nossos”, reforçou Haroldo Ferreira, presidente do Codesamas. Apaixonado, defensor e participante de boas ideias e valores.

Capital que era de fato, mas não de direito. Com título se concretiza e concede para o município uma identidade própria e singular. Não mais a cidade que fica a tantos de quilômetro de… mas sim a Capital Polonesa do Paraná. “Os paranaenses, o Brasil e o mundo, a partir de agora, têm em São Mateus do Sul a referência polonesa. É um legado construído e que temos a grata satisfação de imortalizar nessa Lei Estadual”, comemora Emerson Bacil.

Da redação com informações e fotos da organização do evento, prefeitura e assessoria do deputado Bacil.