Laranjeiras do Sul realizou Conferência de Assistência Social - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Laranjeiras do Sul realizou Conferência de Assistência Social

 


A 13ª Conferência municipal de Assistência Social de Laranjeiras do Sul foi realizada nesta quinta-feira, 26, no auditório da ACILS – Associação Comercial e Industrial de Laranjeiras do Sul. Devido à pandemia, a capacidade máxima do local foi de 30%, ou seja, foram recebidas apenas as primeiras 60 pessoas que se credenciarem para o evento.


A abertura oficial contou com a participação dos coordenadores da Conferência, servidores das secretarias de Saúde e Assistência Social, além do presidente da Câmara de vereadores, Carlos Alberto Machado (Magrão). Durante a conferência, que é realizada a cada dois anos, é feita a avaliação da política de assistência social e a definição das diretrizes para o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).  

A palestra inaugural foi proferida por Simone Beatriz Ferrari, que é assistente social, especialista em fundamentos do trabalho em serviço social. Trabalha com capacitações para políticas sociais, Conselho Tutelar, conselhos municipais, gestão administrativa e pública. Atualmente trabalha na Vara de Família, no Fórum da comarca de Toledo.

Durante a abertura a secretária municipal de Assistência Social, Regiane Castro, lembrou que as conferências são instâncias que têm por atribuições a avaliação da política de assistência social e a definição de diretrizes para o aprimoramento do SUAS. “É um importante espaço democrático participativo de construção de políticas públicas, em que através de conferências é possível planejarmos e organizarmos as prioridades de acordo com as políticas em debate”, enfatiza a secretária.

A 13ª Conferência teve como temática central “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”. As propostas foram divididas em cinco eixos e escolhidas as prioritárias que se tornarão em políticas públicas. Entre as propostas direcionadas às políticas do Município está a garantia de tradutor das línguas francesa, crioula, espanhola e outras, para qualificação dos atendimentos prestados à população migrante, atendimento prioritário às pessoas com deficiência nos equipamentos de Assistência Social, garantindo acessibilidade, conforme a lei.

Também foram eleitos os delegados para participar da Conferência Estadual da Assistência Social. Como titular foi eleito Marcio Alexandre de Souza e suplente Rafael Felipe Rodrigues.

Assessoria de Imprensa