Assembleia Celebra os 130 Anos da Imigração Ucraniana no Brasil - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Assembleia Celebra os 130 Anos da Imigração Ucraniana no Brasil

 

Entrega de Menção Honrosa pela comemoração do Dia Comunidade Ucraniana no Paraná e Dia Nacional da Comunidade Ucraniana no Brasil.. Créditos: Dálie Felberg/Alep

A importância da comunidade ucraniana para o Estado do Paraná foi celebrada na sessão plenária desta terça-feira (24) da Assembleia Legislativa do Paraná. Proposta pelo primeiro secretário da Casa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), a Assembleia homenageou os 130 anos da Imigração Ucraniana para o Brasil e o dia da Comunidade Ucraniana no Paraná, comemorados em 24 de agosto, com a entrega de menção honrosa a representantes da comunidade. Receberam a honraria o Cônsul Honorário da Ucrânia no Paraná, Mariano Czaiskoski, o presidente da Representação Central Ucraniana Brasileira, Vitório Sorotiuk, e o ex-deputado Felipe Lucas.

Romanelli destacou a contribuição dos ucranianos para o Estado. “É imenso e inegável o grande legado social, cultural e econômico da comunidade ucraniana ao Paraná e ao Brasil. Os ucranianos que se estabeleceram no Brasil sempre mantiveram o sonho da Ucrânia como estado livre e soberano. E estabeleceram fortes laços políticos junto ao Governo do Estado do Paraná”, comentou.  

O parlamentar destacou ainda a atuação da população nas relações entre os dois países. “A comunidade ucraniana paranaense é reconhecida pela ação proativa na ampliação das relações entre o Brasil e a Ucrânia. Relações que vem sendo fortalecida ao longo dessas últimas décadas com todos os governadores e com as bancadas aqui na Assembleia Legislativa e no Congresso. As visitas dos embaixadores ucranianos no Estado e a realização de missões comerciais que vem ao Paraná ou de empresas paranaenses que buscam novos negócios na Ucrânia estabelecem novos vínculos nessa relação dinâmica”, completou.

O deputado lembrou ainda que o dia de hoje é extremamente importante para os ucranianos no País. “Neste ano estamos comemorando os 130 anos da Imigração Ucraniana para o Brasil e também o 30º aniversário da Renovação da Independência da Ucrânia. E precisamente hoje, 24 de agosto, comemoramos o Dia da Comunidade Ucraniana no Paraná e o Dia Nacional da Comunidade Ucraniana no Brasil”, recordou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), falou sobre a comunidade ucraniana da cidade de Prudentópolis e de uma visita que fez à Ucrânia, há 10 anos. “Parabenizo a comunidade ucraniana, mas de forma especial ao município de Prudentópolis. Temos lá uma comunidade ucraniana fantástica. Lembro também da felicidade de estar na cidade de Kiev, nas comemorações dos 120 anos da comunidade ucraniana no Brasil, em uma solenidade muito bonita e do reencontro de familiares que moram no Paraná e que puderam rever seus familiares e amigos na Ucrânia”.

Também prestaram homenagem à comunidade ucraniana do Paraná os deputados Boca Aberta Junior (PROS), Hussein Bakri (PSD), Dr. Batista (DEM) e Michele Caputo (PSDB). 

Histórico – O Brasil hoje abriga a maior comunidade ucraniana da América Latina, com mais de um milhão de pessoas, entre ucranianos e descendentes. Destes, 80% vivem no Paraná. As cidades com maiores concentrações de descendentes de ucranianos no Brasil são Prudentópolis, Curitiba e União da Vitória.

Um dos dois primeiros grupos que chegou ao Brasil, em 1891, desembarcou no Rio de Janeiro e logo se instalou na Colônia Rio Claro, no município de Mallet. A maior parte da imigração ucraniana teve origem na crise agrária, a falta de terra para o plantio e a necessidade de buscar melhores condições de vida para as famílias. Ao chegar ao Brasil, o destino dos imigrantes foi o Paraná e Santa Catarina.

Hoje, o Estado conta com dezenas de sociedades culturais e mais de 30 grupos folclóricos, escolas e grupos de artesãos. Só a estrutura da Igreja Greco Católica Ucraniana é composta por 27 paróquias, aproximadamente 240 igrejas. A Igreja Ortodoxa Ucraniana no Brasil tem outras 18 igrejas.

Informações ALEP