Queda do Número de Mamografias no Brasil Durante a Pandemia é Tema de Audiência Pública - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

terça-feira, 6 de julho de 2021

Queda do Número de Mamografias no Brasil Durante a Pandemia é Tema de Audiência Pública

 

70 mil diagnósticos de câncer deixaram de ser realizados no período mais crítico da pandemia em 2020. Créditos: Flickr do Hospital de Bonsucesso, Rio de Janeiro

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná, deputada Cantora Mara Lima, irá realizar uma audiência pública no dia 13 de julho, a partir das 09h30, com o tema "Diagnóstico Precoce - A preocupante queda dos números de mamografias no Brasil durante a pandemia de Coronavírus”. O debate terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo.

“A pandemia da Covid-19, que determinou um regime de quarentena sem precedentes pelo mundo, tem apresentado impactos diretos na oncologia e mastologia. Muitas pessoas deixaram de procurar a rede de saúde para realizar seus exames preventivos”, explicou a presidente.

Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), 70 mil diagnósticos de câncer deixaram de ser realizados no período mais crítico da pandemia em 2020, entre os meses de março e junho.

O Sistema Único de Saúde (SUS) indica ainda que entre janeiro e junho de 2019 foram realizados 180.093 exames na rede pública, enquanto no mesmo período de 2020 a quantidade de exames caiu para 131.617. A estimativa foi feita pela Fundação do Câncer, com base em dados do Sistema Único de Saúde (SUS).

Números divulgados pelo Ministério da Saúde em outubro mostraram que houve queda de 84% no número de mamografias feitas no país durante a pandemia do novo coronavírus, em comparação ao mesmo período do ano passado.

“E os reflexos dessa realidade podem a curto e médio prazos desencadear um aumento nos índices de tumores descobertos em fase mais avançada”, justifica a parlamentar.

A audiência contará com representantes do Hospital Erasto Gaertner; do Hospital do Câncer de Londrina; do Hospital UOPECAN; do Hospital Evangélico; e da Associação Amigas da Mama.

Nenhum comentário: