Laranjeiras do Sul terá atividades referentes ao Dia de Combate ao Feminicídio - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Laranjeiras do Sul terá atividades referentes ao Dia de Combate ao Feminicídio

 


Na quinta-feira, 22, na Rua XV de Novembro, serão realizadas ações referentes ao Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná. A programação, organizada pela Prefeitura de Laranjeiras do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Conselho Municipal da Mulher, será realizada após a Lei 19.873/2019 ser sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, tornando a data da morte da advogada Tatiane Spitzner, 22 de julho, em Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná.


As ações de prevenção devem ser trabalhadas de forma contínua pela rede de proteção, sendo que é uma das atribuições da Secretaria Municipal de Assistência Social, proteger e fortalecer as pessoas. A violência contra a mulher pode estar presente em todos os lugares, classes sociais, idades, em relacionamentos longos ou recentes, entre jovens, adultos e idosos, por isso temos que falar sobre o assunto e auxiliar as mulheres, para que elas saibam quais são suas opções e a quem recorrer em situações de violência.

Dentro das ações de quinta-feira, teremos das 9h às 11h e das 13h30 às 15h30, na Rua XV de Novembro, acontecerá um "pit stop", com a colocação de adesivos nos veículos, entrega de jornais informativos sobre o tema e Folders. 

CINCO TIPOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
FÍSICA: Agressão física que pode ou não deixar marcas, como empurrões, chutes, tapas, socos, puxão de cabelos, arremesso de objetos com a intenção de machucar, sacudir ou segurar com força, cortar, queimar.

SEXUAL: Quando a vítima é obrigada a presenciar, manter ou participar de relação sexual ou contato físico não desejado, por meio de intimidação, ameaça ou uso da força. Também acontece quando ela é forçada ao matrimônio, à gravidez, ao aborto, à prostituição, a participar de pornografia ou é impedida de usar qualquer método para evitar a gravidez.

PSICOLÓGICA: Ação que causa dano emocional, diminuição da autoestima ou que impeça o direito de fazer as próprias escolhas. Atitudes como ameaçar, humilhar, perseguir, chantagear, constranger, controlar o que a mulher faz, não deixá-la sair, isolar sua família e amigos, procurar mensagens no celular ou e-mail.

PATRIMONIAL: Quando há retenção, furto, destruição de bens materiais ou objetos pessoais da vítima, como instrumentos de trabalho, documentos e roupas, controlar ou tirar dinheiro contra a sua vontade.

MORAL: Depreciar a imagem e a honra da vítima por meio de calúnia, difamação e injúria, como espalhar boatos e falsas acusações. Essa violência também pode ocorrer pela internet. Um exemplo é vazar fotos íntimas nas redes sociais como forma de vingança.