Uninter é finalista em três categorias de prêmio internacional de sustentabilidade - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

terça-feira, 22 de junho de 2021

Uninter é finalista em três categorias de prêmio internacional de sustentabilidade

 

Uninter é finalista em três das cinco categorias do Green Gown Awards deste ano. Ativa desde 2004, a premiação internacional tem o objetivo de destacar instituições de ensino superior que possuem projetos focados em sustentabilidade, com suporte da UNEP (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente).

Os três projetos submetidos pelo centro universitário estão concorrendo ao topo de cada categoria. Em Benefício à Sociedade, o projeto de ensino a distância da Uninter é descrito como um aprendizado em “como democratizar a educação superior”, realizando sonhos e levando ensino de qualidade a todos os cantos do Brasil.

São mais de 400 cursos ofertados, 500 mil alunos formados, mais de 700 polos de apoio em todos os estados e 12 polos internacionais. A organização reconhece que o projeto EAD da instituição atende a três ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável): qualidade de educação, trabalho decente e crescimento econômico e redução de desigualdades.

Na categoria Criando Impacto, a Maratona Ecos do Brasil, transmitida em 25.set.20, é destacada pelo empenho de mais de 12 horas de conteúdo educacional direcionado a 30 mil participantes. Foram 14 palestras tratando do combate à biopirataria e da defesa da fauna, flora e dos recursos socioambientais. Além de ensino de qualidade, a premiação pontua o aprendizado sobre ação contra a mudança global do clima, vida na água e vida terrestre.

“A participação não se deve só a alunos e equipes, mas também às pessoas do Brasil e do mundo que participaram. Creio que nunca tivemos um efeito tão positivo como este para propagar o conhecimento e socializar a informação”, diz Rodrigo Berté, diretor da Escola Superior de Saúde, Biociência, Meio Ambiente e Humanidades e idealizador do evento.

O projeto Educação e Sustentabilidade (foto principal) levado pela instituição a Carazinho (RS), em 2017, foi nomeado ao prêmio Engajamento Estudantil. A iniciativa, que envolveu 1,4 mil alunos da rede pública de oito escolas do município, realizou atividades nas salas de aula com foco na redução do consumo de água, reciclagem, economia de energia elétrica, mobilização social e tratamento de resíduos.

As plantações das hortas orgânicas, cultivadas por professores capacitados e alunos, tiveram seu destino nas merendas escolares consumidas pelos estudantes. A ação envolveu a Uninter, o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Educação de qualidade, cidades e comunidades sustentáveis, paz, justiça e instituições eficazes e parcerias e meios de implementação foram os selos ODS conferidos ao programa.

Das três universidades brasileiras presentes na premiação, a Uninter é a que mais acumula indicações e a segunda no geral, atrás somente da Universidade Islâmica Internacional da Malásia (4). São 23 países, como França, Estados Unidos, Inglaterra e China, representados por 42 universidades, incluindo algumas centenárias como Yale (EUA), Notthingham (Reino Unido) e Nacional da Colômbia.

“É uma grande honra e, acima de tudo, um reconhecimento do trabalho importante que a Uninter vem realizando ao longo desses 15 anos. Alguns dos projetos submetidos são iniciativas de longa data e estão competindo hoje com universidades mundialmente renomadas”, comenta Rafael Forsetto, analista de relações internacionais do departamento de Internacionalização do centro universitário. “Isso demonstra a relevância que a Uninter e seus colaboradores possuem no mercado e no mundo acadêmico”.

O júri avaliador consiste em parceiros da organização, como a ONU Meio Ambiente e a Associação Internacional de Universidades. A escolha do vencedor é feita com base na iniciativa e na execução de cada projeto. A premiação acontecerá durante o Fórum Político de Alto Nível da ONU, em 7.jul.21.

Nenhum comentário: