UFFS: Trabalho de estudante de Agronomia é premiado pelo Crea-PR no Prêmio Melhores TCCs - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

quarta-feira, 23 de junho de 2021

UFFS: Trabalho de estudante de Agronomia é premiado pelo Crea-PR no Prêmio Melhores TCCs

 Pesquisa da estudante Cassiane Uliana, do Campus Laranjeiras do Sul, avalia a bioatividade de extratos das sementes e folhas da guabiroba




O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da estudante Cassiane Uliana, foi classificado em 3º lugar, na modalidade Agronomia, na quinta edição do Prêmio Melhores TCCs, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR).


Cassiane é acadêmica do curso de Agronomia na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Laranjeiras do Sul e apresentou, no final de 2020, o trabalho intitulado “Bioatividade do óleo essencial das folhas e óleo da semente de Campomanesia Xanthocarpa Berg em plantas”, o qual foi inscrito no concurso do Crea-PR e nesta semana recebeu a notícia da premiação.


Conforme relatado no trabalho, “em sistemas de manejo orgânico as plantas espontâneas são um dos principais problemas enfrentados para produção, sendo estas, muitas vezes, difíceis de serem controladas sem a utilização de produtos sintéticos”.


A autora explica: “estudos relatam que a guabiroba (Campomanesia xanthocarpa Berg) apresenta, em sua composição química, compostos com potencial bioativo contra microrganismos patogênicos, como bactérias, por exemplo. Devido ao potencial bioativo da guabiroba o trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de extratos das sementes e folhas da guabiroba no desenvolvimento inicial de espécies vegetais espontâneas e cultivadas”.


Os extratos da semente e da folha da guabiroba foram preparados nos laboratórios da UFFS e posteriormente testados em diferentes concentrações no desenvolvimento inicial de plantas cultivadas – trigo (Triticum aestivum) e alfafa (Medicago sativa) e plantas espontâneas – capim amargoso (Digitara insularis) e capim annoni (Eragrostis plana).


A pesquisa identificou que o óleo das sementes de guabiroba apresentou redução do crescimento inicial do trigo, alfafa e capim amargoso, sendo o trigo a espécie com maior sensibilidade e o capim annoni com maior tolerância.


Já para o óleo essencial das folhas de guabiroba em desenvolvimento inicial as quatro espécies testadas apresentaram sensibilidade à aplicação, sendo o trigo a mais sensível, seguido de alfafa.

A espécie com maior tolerância foi o capim annoni, seguida do capim amargoso. Em relação ao crescimento em estádio de planta, o óleo da semente de guabiroba apresentou forte inibição para trigo e alfafa, enquanto que o capim amargoso e o capim annoni apresentaram menor taxa de mortalidade.


Dos experimentos avaliados, o óleo essencial das folhas de guabiroba apresentou maior eficiência fitotóxica, sendo o capim annoni a espécie que apresentou maior resistência e o trigo e a alfafa as que apresentaram maior sensibilidade à solução aplicada.


Cassiane conclui: “embora os resultados obtidos tenham sido positivos e atenderam o objetivo do trabalho, os dados coletados ainda não foram suficientes para comprovar a viabilidade da utilização de extratos brutos no manejo de plantas espontâneas. Para isso propõe-se a realização de trabalhos futuros para a identificação de substâncias ou conjunto de substâncias que causam fitotocixidade seguidos de novos bioensaios de fitotoxicidade”.


O TCC foi elaborado por Cassiane sob a orientação do professor Henrique von Hertwig Bittencourt e coorientação do docente Luciano Tormen. A autora também recebeu o auxílio dos técnicos de laboratório da UFFS, Diogo Siqueira, responsável pelo laboratório de Ciência das Plantas Espontâneas e Marcelo Grassi, responsável pela central analítica, que contribuíram para a realização da pesquisa.


Conforme Bittencourt “a guabiroba é uma planta nativa que produz grande diversidade de produtos naturais. Algumas dessas substâncias ainda não são conhecidas e muitas podem ter inúmeras utilidades para o homem. Esse trabalho teve como objetivo avaliar a composição química de extratos da guabiroba e a sua eficiência na redução do crescimento de plantas. Seus resultados promissores ressaltam a importância de conservação dos recursos naturais, em especial a biodiversidade, cujo valor para nossa sociedade é incalculável”.


trabalho na íntegra está disponível para consulta no Repositório Digital das Bibliotecas da UFFS

Prêmio Melhores TCCs
O Crea-PR realiza anualmente a premiação dos melhores Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), relacionados às áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências, produzidos em Instituições de Ensino Superior do Paraná. Mais informações sobre o prêmio estão disponíveis no site do Crea-PR

Nenhum comentário: