MPT abre inscrição para curso de capacitação de conselheiras e conselheiros tutelares - Jornal Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Jornal Cantu em Foco

Últimas

terça-feira, 25 de maio de 2021

MPT abre inscrição para curso de capacitação de conselheiras e conselheiros tutelares

 


(Brasília, 25/5/2021) Estão abertas, até o dia 6 de junho, as inscrições para o Curso Conselheiros Tutelares: importantes atores no combate ao trabalho infantil – Edição X, promovido pelo Ministério Público do Trabalho, por meio da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) e com apoio da Seção de Formação e Capacitação/Departamento de Desenvolvimento de Pessoas – DDP/DGP/PGT. São oferecidas 1,5 mil vagas na modalidade EAD.


As inscrições podem ser feitas no Portal EAD MPT. Clique aqui para participar e se inscrever. (https://forms.office.com/r/pFYt6MC48L). A confirmação de participação será enviada ao e-mail cadastrado após o fim do prazo de inscrição e antes do início do curso.

O curso será realizado entre os dias 15 de junho e 4 de julho de 2021, com carga horária de 20 horas. A capacitação é destinada a conselheiras e conselheiros tutelares e será realizada na modalidade a distância, autoinstrucional (sem tutoria). As alunas e os alunos deverão assistir as videoaulas e responder o questionário avaliativo.

Segundo o edital, o objetivo do curso é sensibilizar e nivelar o conhecimento dos participantes sobre as questões referente ao combate à exploração do trabalho infantil, com os seguintes objetivos específicos: identificar o que é trabalho infantil; reconhecer a idade em que o trabalho não é permitido; identificar quais são os trabalhos que compõem a lista TIP (piores formas de trabalho infantil); descrever as condições em que a ocorre a aprendizagem profissional; identificar as restrições para o trabalho abaixo dos 18 anos; identificar a rede de proteção do seu município (CMDCA, CRAS, CREAS, Profissionais da Saúde, da Educação, dentre outros); apontar as consequências do trabalho infantil na atualidade; distinguir as situações em que os afazeres domésticos podem caracterizar trabalho infantil e identificar as situações de trabalho infantil que requerem o acionamento de um membro ou de uma membra do MPT.

Solicitação de informações adicionais poderão ser encaminhadas para o e-mail pgt.ead@mpt.mp.br da Seção de Formação e Capacitação do DDP/DGP.

Ao final do curso, o certificado somente poderá ser emitido após o preenchimento do questionário de reação no prazo informado na plataforma EADMPT. Para ser considerado aprovado(a), o(a) participante deverá ter nota mínima de 70% no curso.

Nenhum comentário: