Semusa reforça importância do diagnóstico e tratamento da tuberculose - Jornal Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Jornal Cantu em Foco

Últimas

quarta-feira, 24 de março de 2021

Semusa reforça importância do diagnóstico e tratamento da tuberculose

 


A Secretaria Municipal de Saúde de Laranjeiras do Sul (Semusa), está reforçando a importância do diagnóstico e do tratamento da tuberculose.  Nesta quarta-feira, 24, é o Dia Mundial de Combate à Tuberculose.  “A tuberculose é uma doença que acomete principalmente os pulmões e afeta os mais vulneráveis, biologicamente ou socialmente”, disse Cristian Ricardo Pinto, Farmacêutico e Coordenador do Serviço de atendimento especializado em Laranjeiras do Sul.


Neste momento de pandemia da Covid-19, é importante que a população siga com o tratamento. “É uma doença que pode ser prevenida através da vacina BCG que é importantíssima, porém, ela não evita a doença, mas protege contra as formas mais graves, como a meningite tuberculose e tuberculose miliar e o tratamento é gratuito disponível pelo SUS para toda a população”, disse o coordenador.

Em Laranjeiras do Sul, além das primeiras orientações feitas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), o trabalho de conscientização por meio de abordagens e distribuição de material informativo é feito também por médicos e enfermeiros. A Secretaria de Saúde atendia 9 pacientes com a doença. Em 2020, 4 receberam alta. Com isso 5 pacientes continuam sendo atendidos pela equipe da Secretaria de Saúde. No entanto, através de estimativa da Semusa, pode haver outros casos que ainda não procuraram auxílio médica.

De acordo com o médico Ilton Franzoni, responsável pelo programa da Tuberculose em Laranjeiras do Sul, embora antiga, a doença está presente em todo o país. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano surgem no mundo até 6 milhões de novos casos da doença. Franzoni ressaltou que no caso de Laranjeiras a situação é bastante preocupante. “Preocupante não porque temos muitos doentes em tratamento. É o contrário. Nós deveríamos ter um número maior de doentes em tratamento. Por isso a preocupação, pois se nós não estamos tratando, há pessoas que estão com a doença e não estão sendo tratadas”, afirmou.

Cristian Ricardo Pinto, afirmou que o principal sintoma da tuberculose é a tosse na forma seca ou produtiva. “Por isso recomenda-se que a pessoa com tosse por três semanas ou mais, seja investigado. Há outros sinais e sintomas que podem estar presentes, como febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento, cansaço, fadiga, dores na região do tórax, falta de ar, sensação de mal-estar, e palidez”, disse o farmacêutico. 

Equipe responsável pelo Programa de Tuberculose em Laranjeiras do Sul
*Dr. Hilton Franzoni – Médico responsável pelo programa de Tuberculose
*Márcia Langhinotti Marochi / Paula Secchi / Juliana Glaiz Dulnik – Bioquímicas da Semusa
*Cristian Ricardo Pinto – Farmacêutico e Coordenador do Serviço de atendimento especializado
*Terezinha Fátima do Preto – Técnica em Enfermagem
*Luís Aquiles de Andrade – Diretor do Departamento de Vigilância em Saúde
*Patrícia Massuqueto – Enfermeira do setor de Epidemiologia 

Nenhum comentário: