Quatro pessoas foram multadas por estarem sem máscara em Maringá , valor da multa 1000 reais - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

URGENTE

Quatro pessoas foram multadas por estarem sem máscara em Maringá , valor da multa 1000 reais

 


Quatro pessoas foram multadas por estarem sem máscara em Maringá na tarde desta quinta-feira, dia 25, primeiro dia de fiscalização do decreto 546/2021, publicado na última segunda-feira, dia 22. Cada morador foi multado em R$ 1 mil, segundo informações da Prefeitura de Maringá. A multa está prevista no decreto.

As fiscalizações do Grupo de Gestão Integrada (GGI) aconteceram ao redor do Parque do Ingá e da Vila Olímpica. Além dos multados, pelo menos 50 pessoas foram orientadas pelos agentes públicos, segundo a prefeitura. A multa é lançada no CPF do infrator e a dívida fica registrada no documento, o que impossibilita fazer qualquer movimentação no CPF sem antes acertar a dívida.
Desde março do ano passado já foram aplicadas 22 multas pela falta do uso de máscara de proteção e 29 pelo descumprimento do toque de recolher. O objetivo é conscientizar os frequentadores dos espaços públicos a seguirem normas do decreto municipal de prevenção ao coronavírus, usando máscara e evitando aglomerações.
Ao longo de todo o final de semana haverá operações em Maringá para fiscalizar o cumprimento do decreto. As vistorias serão entre 20h e 2h da madrugada, verificando denúncias da comunidade nos telefones 153 (da GM) e 156 (da Ouvidoria).
Os casos mais comuns são sobre festas clandestinas, aglomeração de pessoas, falta da máscara de proteção, uso irregular da calçada, atendimento fora do horário permitido no decreto, falta de distanciamento entre as mesas, entre outros.
O toque de recolher, em Maringá, está em vigor das 21h às 5h do dia seguinte. A multa para quem for flagrado andando pelas ruas é de R$ 1 mil para quem não respeitar o artigo 2º do decreto 546/2021, publicado na última segunda-feira, dia 22. A exceção é somente para os motoboys que podem fazer entregas até às 22h. A partir desse horário, também poderão ser multados.

Fonte: