Guarapuava - Estavam fazendo uma rave em uma chácara do jeito que o diabo gosta, quando a PM e o CHOQUE apareceram - Jornal Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Jornal Cantu em Foco

Últimas

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Guarapuava - Estavam fazendo uma rave em uma chácara do jeito que o diabo gosta, quando a PM e o CHOQUE apareceram


 Por volta das 22h, do dia 27 de fevereiro 2021, durante a Operação Vida, policiais militares juntamente com a equipe de fiscalização da prefeitura municipal de Guarapuava, receberam denúncia de um evento com aglomeração de pessoas, após levantamento de informações, referente a uma festa tipo “rave” em uma chácara, localizada na estrada do rocio, s/n, aeroporto, e em face do decreto estadual nº 6.983, de 26 fevereiro de 2021 e do decreto municipal nº 8543, de 26 de fevereiro de 2021, os quais dentre outras providências sanitárias para conter o avanço da pandemia de covid19, proíbem festas e demais eventos com aglomeração de pessoas. No local foi constatado que havia 50 (cinquenta) pessoas aglomeradas, fazendo uso de bebidas alcoólicas, narguilés, e outras substâncias entorpecentes. Durante a abordagem, apresentaram-se como responsáveis pela festa as pessoas de um Senhor de 28 anos, o qual tinha em sua posse 7 (sete) comprimidos de substância análoga a ecstasy, pesando aproximadamente 2,45 (dois vírgula quarenta e cinco) gramas e uma Sra de 22 anos de idade. Também foi identificado um masculino de 27 anos, o qual tinha em seu bolso substância análoga a Ketamina, pesando 1 (um) grama; um masculino de 27 anos, o qual tinha em sua posse 2 (dois) comprimidos de ecstasy, pesando aproximadamente, 1,63 (um vírgula sessenta e três) grama e um masculino de 23 anos de idade, o qual estava com 345 (trezentos e quarenta e cinco comprimidos) de substância análoga a ecstasy e aproximadamente 1,2 (um vírgula dois) litro de substância análoga a entorpecente líquido inalável, vulgarmente conhecido como “loló”, no interior de seu veículo. No local também foi localizado pelo chão e em cima de móveis, uma porção de substância análoga a maconha, pesando aproximadamente 24,73 (vinte e quatro vírgula setenta e três) gramas, 24 (vinte e quatro comprimidos de substância análoga a ecstasy, 5 (cinco) cigarros de substância análoga a maconha, pesando um total de 3,2 (três vírgula dois) gramas, 3 (três) frascos de aproximadamente 20 (vinte) mililitros contendo substância análoga a entorpecente líquido inalável, vulgarmente conhecido como “loló”. Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao masculino de 23 anos e encaminhado até a 14ª SDP para lavratura do auto de prisão em flagrante pelo crime previsto no art. 33 da lei 11.343/06. Os demais participantes da festa foram encaminhados para a sede do 16º BPM para lavratura do termo circunstanciado de infração penal pelos artigos 268 e 330 do código penal – decreto lei 2848/40, sendo ainda que 03 pessoas foram também noticiados pelo artigo 28 da lei nº 11.343/06.

Nenhum comentário: