Foz do Jordão - Candidato a Prefeito desrespeita sentença judicial, e faz carreata soltando foguetes - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

Últimas

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Foz do Jordão - Candidato a Prefeito desrespeita sentença judicial, e faz carreata soltando foguetes

 


Por volta 16h00min do dia 08 de novembro de 2020, a equipe deslocou para efetuar patrulhamentos no evento carreata, sendo informado que existia denúncias, de que outra coligação, estaria se programando para também realizar uma carreata, contrariando sentença judicial para que não o fizesse. A equipe permaneceu na praça observando a possibilidade de confronto, pois ambos os grupos estavam se reunindo em espaços próximos, em um intervalo aproximado de 200 (duzentos) metros. 


A coligação fizeram a carreata, e se concentraram na Praça da Bíblia, conforme cronograma. Por volta das 17h, foi observado que a outra coligação iniciava seu deslocamento de veículos (carreata) pela Avenida Morro Verde, passando em frente a concentração do grupo opositor, onde estavam realizando comício. Foi observado, um número aproximado de 190 (cento e noventa) veículos na carreata do grupo. A equipe permaneceu no local juntamente com outras equipes. Sendo observado que integrantes da carreata estavam soltando foguetes durante o percurso.


 Foi observado que após alguns minutos, a carreata retornava pelo mesmo trajeto, passando novamente por frente da praça da bíblia, e se concentrando na frente de seu comitê, onde iniciaram um comício com seus candidatos. No final do evento, observado que foi soltaram uma bateria de fogos de artifícios de estampidos, em desacordo com a lei municipal 850/2020, a qual proíbe a queima e a soltura de fogos de artifício no município de Foz do Jordão e dá outras providências. A equipe permaneceu patrulhando o evento para evitar possível confronto. Encerraram as atividades por volta das 19h, sendo observado que os frequentadores aos poucos deixaram o local sem haver nenhum confronto direto.

Nenhum comentário: