Assassinato de João Alberto é "tapa na cara da sociedade brasileira", diz Rubens Bueno - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

Últimas

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Assassinato de João Alberto é "tapa na cara da sociedade brasileira", diz Rubens Bueno

 


O vice presidente nacional do Cidadania, deputado federal Rubens Bueno (PR), classificou nesta sexta-feira como "um tapa na cara da sociedade brasileira e de muitas autoridades do país" o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, que foi espancado até a morte, por seguranças do Carrefour em Porto Alegre. Câmeras de segurança filmaram o crime, que ocorreu às vésperas de 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra.

 

De acordo com o parlamentar, apesar de diversas conquistas nos últimos anos, o preconceito ainda é um grande mal que assola o país. "Um crime como esse mostra o quanto ainda é absurdo o preconceito existente no seio de nossa sociedade. Os negros continuam sendo as maiores vítimas da violência no país e a punição exemplar para os autores desse crime, um deles policial militar, pode ajudar a aumentar a consciência da população para uma tragédia que ocorre todos os dias nos quatro cantos do país", afirmou Rubens Bueno

 

O Dia Nacional da Consciência Negra é uma referência a morte de Zumbi dos Palmares, líder do quilombo que lutou para preservar o modo de vida dos africanos e que trabalhava para libertar da escravidão os negros no Brasil.  

 

João Alberto, que tinha de 40 anos, chegou a pedir socorro, mas uma funcionária do supermercado apareceu para impedir que as pessoas continuassem a gravar a tortura. A polícia acredita que a vítima pode ter sofrido um enfarto, pois foi asfixiada pelos agressores, que  estavam em cima dela.

Nenhum comentário: