Paraná - Casal de idosos é agredido em assalto dentro de casa, e papagaio 'ataca' um dos ladrões - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

Últimas

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Paraná - Casal de idosos é agredido em assalto dentro de casa, e papagaio 'ataca' um dos ladrões

 


Um casal de idosos foi agredido durante um assalto dentro de casa, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O papagaio das vítimas "atacou" um deles.


"Quando o papagaio foi na nuca dele, ele saiu de cima de mim. Mas nós continuamos a luta. Ele pedindo dinheiro, se não ele me metia uma bala na cara", disse o idoso.


A situação aconteceu por volta do meio-dia de terça-feira (15). Por segurança, o casal de idosos não foi identificado.


Segundo o casal de idosos, de 81 e 89 anos, os três criminosos ficaram na casa por cerca de meia hora. Eram dois homens e uma mulher.


As câmeras de segurança da rua filmaram o momento em que os ladrões entraram. Um entrou primeiro, enquanto os outros dois sentaram em um banco na calçada.


Depois de alguns minutos, todos entraram. Os idosos sofreram violência física, e um deles teve ferimentos na mão.


Uma das vítimas contou que foi ameaçada com arma na cabeça. De acordo com o casal, um dos assaltantes é conhecido da família. Eles pediam dinheiro e levaram cerca de R$ 700.


"Queriam dinheiro, dinheiro, dinheiro. Queriam dinheiro", relatou uma das vítimas.


'Não reaja'

Os vizinhos chamaram a polícia e renderam dois dos três criminosos na rua.


A polícia não encontrou arma de fogo.


"No calor da emoção, as pessoas tendem a ajudar os seus vizinhos. Mas a gente orienta que a pessoa não reaja a assaltos, não reaja a roubos. A gente não sabe se essa arma de fogo eram um simulacro, se era uma arma de fogo de fato que pode causar o óbito de um popular que vem ajudar a pessoa", disse o aspirante da PM, Thiago Gogola.


Um dos homens e a mulher foram presos. A Polícia Civil autuou os dois por roubo agravado. O outro suspeito conseguiu fugir.


Fonte:RPC

Nenhum comentário: