Socorrista do Samu salva vida com o próprio sutiã - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Socorrista do Samu salva vida com o próprio sutiã

 Luisa Cardoso parou o carro, tirou o próprio sutiã e salvou motociclista que estava em estado grave

 

Você já pensou que a vida de uma pessoa poderia ser salva com uma roupa íntima e com um acessório? Pois é. Aconteceu no oeste do Paraná. A seguir você vai entender como um sutiã e um cinto fizeram toda diferença entre a vida e a morte de uma pessoa.

Esse relato está circulando pelas redes sociais e sim, é verdadeiro.

No último domingo (2) um acidente gravíssimo registrado na BR-277, no município de Céu Azul, quase vitimou fatalmente um motociclista da cidade. Isso foi felizmente evitado por um anjo, uma socorrista do Samu que, coincidentemente passava pelo local na hora da batida. Parou o carro, tirou o próprio sutiã e salvou uma vida.

Para você entender melhor, vamos voltar aos fatos.

“O paciente recebeu um torniquete, um dispositivo usado para reduzir o sangramento no membro amputado. O torniquete foi feito com um sutiã. Essa ação de alguém que passava pelo local pode ter ajudado a salvar a vida do paciente, reduzindo a hemorragia em que se encontrava. Existem dispositivos comerciais para aplicação de torniquete, podendo ser improvisando com camisa, cinturão e agora, como visto, com um sutiã. Após a chegada das equipes, foi trocado por outro mecanismo”, afirmou.

O que o doutor Nicácio não sabia, no momento em que sua equipe aeromédica fazia o socorro, é de que se tratava de alguém com amplo conhecimento que fez essa técnica de estancamento e que era uma colega sua de trabalho.

Luisa Cardoso é técnica de enfermagem, socorrista do Samu e estava na rodovia naquele momento.

Levava sua sogra para a cidade de Capitão Leônidas Marques quando se deparou com a cena. Carlos Alberto ferido, muito ferido.

Luisa mora em Itaipulândia e o destino lhe colocou ali, naquela hora e naquele local para salvar mais uma vida.

Carlos Alberto Largo havia, há poucos instantes sofrido o acidente de moto com amputação de uma perna e um braço. A técnica de Enfermagem não pensou duas vezes. Parou o carro e diante de uma perda extrema de sangue, tirou o próprio sutiã para usá-lo como um torniquete em um dos cortes de membro amputado. No outro, ela tirou o cinto da própria vítima para estancar a hemorragia. E foi assim que Luísa salvou mais uma vida até a chegada do socorro aeromédico do Consamu.

“A vida de Carlos Alberto Largo foi salva por um anjo que usa sutiã, Luisa Cardoso. Uma heroína”, afirma parte de um texto em homenagem à socorrista que circula pelas redes sociais, assinado por Jeloy Al Majid.

“Conter a hemorragia com compressão local ou torniquete em membros são ações decisivas para pacientes com hemorragia grave, conforme protocolos internacionais de atendimento.A vítima poderia ter morrido da hemorragia do membro amputado antes da chegada das equipes de socorro. Foi uma ação rápida e criativa”, completou o médico Rodrigo Nicácio.

Com informações do site Marechal News

Nenhum comentário: