Projeto da UFFS – Campus Laranjeiras do Sul auxilia pequenos produtores rurais na produção e comercialização de alimentos - Cantu em Foco - As principais notícias da região, você encontra aqui no Cantu em Foco

Últimas

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Projeto da UFFS – Campus Laranjeiras do Sul auxilia pequenos produtores rurais na produção e comercialização de alimentos

O projeto de Extensão “Gestão coletiva em associação de pequenos produtores da agricultura familiar, parte II – consolidando a proposta”, desenvolvido na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul, tem auxiliado um coletivo de famílias de pequenos produtores rurais visando capacitá-los para a gestão, produção e venda de produtos oriundos da agricultura familiar.
O coordenador do projeto, professor Luiz Carlos de Freitas, comenta que essa é a segunda etapa de outro projeto executado anteriormente. “Iniciamos um projeto em 2018 e seguimos com ele até 2019, período em que organizamos o contato com os camponeses, promovemos cursos de formação, levamos estudantes e agrônomos para visitar e prestar assistência nas propriedades rurais, organizamos um seminário de avaliação do projeto com a participação dos agricultores e os recebemos para conhecer as áreas experimentais do Campus. Promovemos um bom intercâmbio da UFFS com os camponeses e, ao finalizar o projeto, avaliamos que deveríamos dar continuidade, por isso submetemos uma proposta para dar continuidade ao projeto inicial”.

Freitas explica que “apesar de o projeto ter promovido várias ações que auxiliaram os agricultores na organização de uma associação, ainda que informal, e na reestruturação das hortas, contribuindo para que pudessem produzir e comercializar alimentos, submetemos o novo projeto a edital da Fundação Araucária, visando consolidar a associação, inclusive juridicamente, com o auxílio da Universidade”.

A Associação Resistência Camponesa já possui registro e estatuto. Atualmente está em andamento o processo do pedido no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), para que os camponeses associados possam, futuramente, participar de licitações para fornecimento de alimentos em grandes quantidades, possibilitando o atendimento de programas governamentais, como Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além de mercados e restaurantes locais, embora o objetivo principal do projeto seja fornecer os alimentos diretamente aos consumidores finais, que são as famílias de Laranjeiras do Sul e, futuramente, dos municípios vizinhos.

Freitas destaca: “até o momento todos os alimentos produzidos foram comercializados e entregues diretamente aos consumidores finais, o que, em nosso ponto de vista. é muito positivo, uma vez que os trabalhadores da cidade consomem produtos saudáveis e de boa qualidade, ajudando os camponeses da região e fomentando a economia local”.

A Associação trabalha com a comercialização de cestas prontas, montadas com os alimentos disponíveis nas propriedades e não com o pedido de produtos específicos. Segundo Freitas, essa forma de comercialização “é muito positiva, pois evita o desperdício de alimentos”.

O docente comenta que “enquanto projeto, temos trabalhado na conscientização dos consumidores, no sentido de confiar que os camponeses lhes entregarão produtos saudáveis, os mesmos que eles próprios consomem com suas famílias. Já com os camponeses, trabalhamos o compromisso em zelar pela qualidade dos produtos e pela produção saudável sem o uso de agrotóxicos que venham agredir a saúde humana. Isso tem dado certo. Além disso, as visitas dos consumidores às propriedades das famílias camponesas tem sido a melhor forma para garantir tal confiança mútua”.

Comercialização de cestas
Os produtores fornecem cestas contendo entre 7 e 10 variedades de frutas, verduras, hortaliças e processados. A entrega dos alimentos ocorre semanalmente, nas quartas-feiras a partir das 7h30. O valor da cesta é de R$100/mês. 

Outras informações sobre as cestas podem ser obtidas nos telefones (42) 99826-3423 ou (42) 98425-7870.

Nenhum comentário: