Virmond será o primeiro município do Estado do Paraná em implantar o Plano de Gestão do índice Ambiental Municipal - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

sexta-feira, 6 de março de 2020

Virmond será o primeiro município do Estado do Paraná em implantar o Plano de Gestão do índice Ambiental Municipal


A inserção do município de Virmond nas duas categorias simultâneas será um fato inédito e uma conquista para toda a população virmondense

Estiveram nesta segunda-feira (2) com o prefeito Neimar Granoski a Equipe da Secretaria de Agricultura, o Chefe da Seab Regional Laranjeiras do Sul, Valter Rodack e o Engenheiro Florestal do FUPEF - Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná, Marcelo Lubas.

Durante o encontro foram apresentados partes dos estudos do projeto de ICMS Ecológico que está sendo implantado pelo Prefeito Neimar Granoski no município, que visa uma renda extra para os produtores rurais que tem reserva de mata a partir de um alqueire e o ICMS Ecológico de Manancial de Abastecimento Público que irá beneficiar toda população com o investimento do valor arrecadado em projetos e obras.

"Tivemos uma visão de empreendedorismo para alavancar ainda mais a renda do município. Não só o produtor rural irá ganhar, mas toda a população com a implantação de novos projetos na utilização do recurso destinado ao município. A partir de 2021 Virmond já estará recebendo em torno de R$ 1 milhão e dentre os 399 municípios do Paraná seremos o primeiro em implantar o Plano de Gestão do índice Ambiental Municipal", finalizou Neimar Granoski.

"O trabalho realizado pelo prefeito Neimar Granoski e sua equipe de Governo e a FUPEF é inédito para o município", declarou Marcelo Lubas.

Segundo ele, "consiste na busca pela inserção nas duas categorias existentes no mecanismo do ICMS Ecológico: Biodiversidade (áreas verdes protegidas) e Manancial de Abastecimento Público que trará uma renda, a qual já existente no Estado, mas que nenhum prefeito anterior correu atrás da viabilização para a inclusão do município", finalizou o Engenheiro Florestal da FUPEF.

Na categoria Manancial o foco do trabalho estará voltado para a Bacia Hidrográfica do Rio Tapera, partindo-se do ponto de captação que está sendo construído pela SANEPAR e abrangendo os rios e córregos que alimentam o eixo do rio até este ponto de captação.

Com relação a categoria Biodiversidade, o município irá trabalhar em dois segmentos: áreas verdes públicas e o estímulo a criação de RPPN´s – Reserva de Patrimônio Particular Natural, através de palestras e mobilização com os produtores rurais que possuem áreas verdes em suas propriedades e que tenham interesse em contribuir com o município na busca pela melhoria da qualidade ambiental e consequentemente, melhor inserção dentro do cenário do ICMS Ecológico para Virmond.

A FUPEF - Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná é uma instituição de notória especialização na área de meio ambiente e florestas no Estado do Paraná, foi fundada em 1.971 e é declarada de Utilidade Pública Estadual desde 1.973, sendo custodiada pelo Governo Municipal no Projeto do ICMS ECOLÓGICO para o município, o qual não terá custo algum para os produtores rurais interessados.

Vale lembrar que dia 16 de março é o último dia para o produtor rural se inscrever gratuitamente e ser beneficiado pelo programa, basta procurar a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente ou entrar em contato pelo fone 3618 1065.







Assessoria de Virmond

Nenhum comentário: