Suzy de Oliveira, trans abraçada por Dráuzio Varella em reportagem, estuprou e matou criança de 9 anos - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

segunda-feira, 9 de março de 2020

Suzy de Oliveira, trans abraçada por Dráuzio Varella em reportagem, estuprou e matou criança de 9 anos

Um dos casos que mais chamaram atenção na atração foi o da transexual Suzy, que não recebe visitas na cadeia há oito anos. Neste domingo (08), uma bomba sobre ela veio à tona. De acordo com o processo contra a presidiaria e a Secretaria da Administração Penitenciária, o motivo da prisão de Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, nome de batismo de Suzy, foi pelo fato de estuprar e estrangular Fábio dos Santos Lemos, de 9 anos, em maio de 2010. Os dados foram levantados pelo site O Antagonista.
A causa da prisão da transexual fez com o que seu nome figurasse entre os assuntos mais comentados na internet. Com toda repercussão, Drauzio Varella, que abraçou a presidiária trans, publicou uma nota de esclarecimento em sua rede social onde afirma: “Não perguntei nada sobre os delitos, sou médico e não juiz”.

Leia a íntegra da nota de Drauzio
“Há mais de 30 anos, frequento presídios, onde trato da saúde de detentos e detentas. Em todos os lugares em que pratico a Medicina, seja no meu consultório ou nas penitenciárias, não pergunto sobre o que meus pacientes possam ter feito de errado. Sigo essa conduta para que meu julgamento pessoal não me impeça de cumprir o juramento que fiz ao me tornar médico. No meu trabalho na televisão, sigo os mesmos princípios. No caso da reportagem veiculada pelo Fantástico na semana passada, não perguntei nada a respeito dos delitos cometidos pelas entrevistadas. Sou médico, não juiz”, declarou.

Fonte:Isto é

Nenhum comentário: