Laranjeiras - Vigilância Sanitária intensifica ações de combate à dengue - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

segunda-feira, 9 de março de 2020

Laranjeiras - Vigilância Sanitária intensifica ações de combate à dengue

O Estado do Paraná já decretou epidemia de dengue. A confirmação é do boletim semanal da dengue divulgado nesta semana, pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). De acordo com o último boletim da dengue, o Estado conta com 44.441 casos confirmados da doença e 113.488 casos notificados. Em Laranjeiras do Sul, de acordo com boletim da Vigilância em Saúde, são 12 casos notificados como suspeitos, sendo que 6 foram descartados e 6 estão em análise. O índice de infestação do mosquito no município, é de 2.7. 

Todo paciente que recebeu orientação médica após a suspeita da doença, também recebeu a visita da equipe de Endemias para realizar o chamado “bloqueio de caso”. O grande problema está nos possíveis criadouros de mosquito da dengue dentro de casa. Isso mostra que o combate à doença não deve ser realizado somente na parte externa da residência.  Calhas, estruturas metálicas de coberturas de toldo, cisternas, galões com água de chuva e reaproveitada da máquina de lavar, tanque de roupa, canos de sustentação de antenas são outros exemplos de espaços que podem acumular água e por consequência a proliferação do mosquito transmissor. A recomendação dos agentes de Endemias é a limpeza semanal desses equipamentos. 

Na sexta-feira, 6, o Secretário de Saúde Valdemir Scarpari, reuniu a imprensa e os Agentes de Endemias, para traçar metas de combate ao mosquito. Durante o encontro, ficou definido o dia 12 de março (quinta-feira) para a realização de mais uma ação de conscientização desta vez na região do Bairro Água Verde. A concentração vai acontecer as 16h30 na Unidade de Saúde e a previsão é de visitar no dia 900 imóveis. As equipes serão formadas por Agentes de Endemias, Agentes de saúde e voluntários. Já as Unidades de Saúde do Água Verde, Barão do Rio Branco e Cristo Rei, vão ficar abertas até as 19h. 

A ação do dia 12 tem como objetivo levar informação e orientação aos moradores em relação à eliminação dos possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti de suas residências. O vírus é transmitido por meio da picada da fêmea do Aedes aegypti, um mosquito que se multiplica em depósitos de água parada. Conforme o Secretário de Saúde, Valdemir Scarpari, a grande maioria das larvas encontradas estão nas residências. “Existem larvas e mosquitos pela cidade, os criadouros estão crescendo. Se uma pessoa contrair a dengue e vir para Laranjeiras do Sul e for picada mais uma vez pelo mosquito aqui, o vírus pode ser transmitindo e causar uma possível epidemia”, afirmou Scarpari.

Nenhum comentário: