Escolas se mobilizam para distribuir merenda a famílias de estudantes - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

quinta-feira, 26 de março de 2020

Escolas se mobilizam para distribuir merenda a famílias de estudantes

As escolas da rede estadual de Educação do Paraná organizaram uma verdadeira força-tarefa nesta semana com o objetivo de ajudar o próximo. Como as aulas estão suspensas desde o dia 20 de março devido à crise do coronavírus, foram montados kits com os alimentos da merenda escolar que estão sendo distribuídos às famílias dos estudantes inscritos no Bolsa Família e também a alunos em situação de vulnerabilidade social. 
A entrega de alimentos da merenda foi definida pelo Decreto 4.316/2020, assinado no dia 21 de março pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.
Um desses pontos de coleta é o Colégio Estadual Milton Carneiro, que fica na região do Alto Boqueirão, em Curitiba. O diretor da instituição, Christian Ricardo dos Santos, afirma que, até o momento, famílias de aproximadamente 130 dos 740 alunos matriculados na escola foram contemplados pela ação. 
“Ainda temos mais de 90 kits preparados. Todo esse alimento será de grande ajuda para uma das regiões mais carentes de Curitiba, que são bairro Pantanal e a Vila Nova”, afirma.
A equipe do Colégio Estadual Júlia Wanderley, também na capital paranaense, colaborou com a entrega no Milton Carneiro. Santos reconhece a importância da união de forças nesse momento. “Outras escolas estão destinando o excedente da merenda aos nossos alunos. Assim, poderemos ajudar mais famílias”, diz.
AJUDA EM BOA HORA - Para os responsáveis pelos estudantes, o alimento vem em um bom momento, já que muitos estão em casa sem conseguir trabalhar e, consequentemente, sem renda. 
Cleide Aparecida Costa é mãe de duas alunas que estudam na escola localizada no Alto Boqueirão. Ela conta que a doação de alimentos ajuda a completar a refeição dos filhos e também a deixa mais segura nesse período de isolamento. 
“Meu maior medo é contrair o vírus indo ao mercado, ficar doente e não poder cuidar das crianças. O kit ajuda na alimentação saudável dos meus filhos e vai durar bastante. Vou poder ficar em casa tranquila com eles”, explica. 
ATENÇÃO REDOBRADA - Devido à pandemia do coronavírus, os funcionários da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte têm aconselhado que as pessoas que vão aos colégios retirar os kits mantenham-se afastadas umas das outras a uma distância de, pelo menos, um metro e meio. As entregas também têm sido feitas em horário estendido, a fim de evitar aglomerações.
VOLUNTÁRIOS - O secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder, elogia o trabalho dos servidores e voluntários que trabalham na entrega dos kits nesse período delicado pelo qual o país passa.
“É um momento difícil para todos, mas me enche de orgulho ver esses professores e voluntários dedicando seu tempo para ajudar aqueles que mais precisam”, afirma. 
O secretário garante que as escolas continuarão recebendo máscaras para os funcionários e também de álcool gel, itens que ajudam muito na prevenção à doença.

Fonte:AEN

Nenhum comentário: