Mercado da construção civil cresce 12% na região de Guarapuava - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Mercado da construção civil cresce 12% na região de Guarapuava

A região acompanha o crescimento estadual, que registrou em 2019 o maior número de ARTs recolhidas pelo Crea-PR desde 2015

No Brasil, a construção civil é considerada o “termômetro da economia”. São 13 milhões de pessoas trabalhando na cadeia, segundo estimativas e, quando o setor começa a ter resultados positivos, é sinal de que o país está retomando o crescimento. Em julho do ano passado, de acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, as contratações com carteira assinada nas obras superaram as demissões pela primeira vez em 33 meses.

No Paraná, os números são bastante positivos. Em 2019, o Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná) registrou 193.763 ARTs (Anotação de Responsabilidade Técnica) em Engenharia Civil, maior índice desde 2015. Na região de Guarapuava (que abrange também as inspetorias de Irati, Laranjeiras do Sul e União da Vitória) também houve aumento no número de registros de serviços. Com base nas ARTs, a região teve um aumento de 12% entre 2019 e 2018, e 15% entre 2019 e 2017. Em 2020, até esta primeira quinzena, já foram recolhidas 205 ARTs.

O crescimento da quantidade de serviços de Engenharia Civil apontado pelo Crea-PR mostra projeção positiva para a modalidade em 2020. Itamir Montemezzo, Engenheiro Civil e Conselheiro do Crea-PR, comenta que, no Brasil, a construção ou aquisição de imóveis é uma forma de poupança.
“Como a política econômica tem-se mostrado favorável, os brasileiros estão mais confiantes para investir na construção civil. Imóveis, com o tempo, tendem a valorizar”, analisa o Engenheiro.
Além das ARTs, o Crea-PR realiza fiscalizações na área da construção civil. Em 2019, a regional de Guarapuava registrou 1.734 fiscalizações nessa modalidade.
“Nas fiscalizações das obras, nós observamos se estas contam com responsável técnico, visando impedir o exercício ilegal da profissão, tanto por aquele que possui habilitação, mas não segue a conduta estabelecida; tanto para o leigo que exerce qualquer atividade que necessita de habilitação. Essa ação contribui para a segurança da sociedade, tendo em vista que as atividades de Engenharia Civil apresentam alto risco, e necessitam de acompanhamento de profissional qualificado”, afirma o Gerente da Regional de Guarapuava do Crea-PR, Thyago Giroldo Nalim.

O que é ART?
A ART é um instrumento legal, necessário à fiscalização das atividades técnico-profissionais, nos diversos empreendimentos sociais. De acordo com o Artigo 3º da Resolução nº 1.025/2009, do Confea, “Todo contrato, escrito ou verbal, para a execução de obras ou prestação de quaisquer serviços referentes à Engenharia, Arquitetura e Agronomia fica sujeito à ‘Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)’, no Conselho Regional em cuja jurisdição for exercida a respectiva atividade”.
Instituída também pela Lei Federal nº 6.496/1977, a ART caracteriza legalmente os direitos e obrigações entre profissionais e usuários de seus serviços técnicos, além de determinar a responsabilidade profissional por eventuais defeitos ou erros técnicos.

Fonte:CREA

Nenhum comentário: