Criança de 5 anos morre afogada na piscina de casa em Colombo - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Criança de 5 anos morre afogada na piscina de casa em Colombo

Um menino de 5 anos não resistiu após ser encontrado por familiares dentro da piscina de casa no bairro São Gabriel, em Colombo na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O afogamento aconteceu por volta das 22 horas desta terça-feira (14). A criança recebeu todos os procedimentos para reanimação por cerca de uma hora, tanto pelos familiares quanto pelos socorristas do Siate, mas acabou falecendo no Hospital do trabalhador, em Curitiba.
De acordo com informações repassadas pela família aos socorristas, ninguém percebeu que o menino havia ido em direção à piscina na casa, que estava iluminada. Tudo indica que, ao ser encontrada por um dos parentes, já estaria há alguns minutos submersa. O Siate foi chamado e a família foi orientada por telefone sobre como proceder até a chegada do socorro.
“Os familiares foram orientados a fazer os procedimentos de reanimação com massagem cardíaca até a chegada da ambulância. Durante o trajeto até o hospital, já na ambulância, as tentativas continuaram, mas infelizmente o estado era muito grave e a vítima não resistiu”, disse o médico do Siate, dr. Rubens Benatti.
O médico reforçou ainda o alerta sobre os cuidados com as crianças em casos assim. “Infelizmente, no verão principalmente, são comuns casos assim, de afogamento em águas represadas como piscinas e cavas. É importante ressaltar que é preciso monitoramento constante de crianças e adolescentes nestes locais. Bastam um ou dois minutos para uma tragédia como essa acontecer”, completou.
Segundo o médico, a criança apresentava restos alimentares no pulmão e no estômago, mas este não deve ter sido o fator causador do afogamento. “A criança devia ter se alimentado há pouco tempo pois havia restos alimentares no pulmão e na cavidade estomacal. Durante a digestão, boa parte do sangue do corpo vai para o sistema digestivo e pode haver um mal estar quando a pessoa logo entra na água, mas neste caso, de uma criança de 5 anos, com certeza o fator determinante foi o afogamento que ocorre por aspiração de água”, finalizou o médico.
A corpo da criança foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Curitiba.
Banda B

Nenhum comentário: