Retrospectiva 2019 - 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

domingo, 22 de dezembro de 2019

Retrospectiva 2019 - 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica

O ano de 2019 foi um ano trágico no mundo das famosidades. Entre as principais notícias e notas de falecimento de famosos, grande parte delas foi causada por acidentes inevitáveis e que levaram algumas de nossas estrelas da música, televisão e moda brasileira.
Alguns trouxeram grande comoção ao público e o luto durou semanas, com direito a velórios e enterros abertos ao público e televisionados, outros passaram despercebidos e em pouco tempo foram esquecidos. Por isso, trouxemos aqui uma retrospectiva de 12 famosos que nos deixaram em 2019. Confira:

1. Caio Junqueira (1976 – 2019)

#Retrospectiva: 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica em 2019
O ator Caio Junqueira morreu no dia 23 de janeiro de 2019, aos 42 anos, após ser vítima de um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio. O policial Neto do filme “Tropa de Elite” foi levado para o Hospital Miguel Couto onde passou por cirurgias, mas não resistiu e teve a morte confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro.
Uma semana antes de sua morte, no dia 16, Caio dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao Centro da cidade, quando perdeu o controle do carro, que subiu o meio-fio, bateu numa árvore e capotou. Ele ficou presos às ferragens, teve fratura exposta em um dos braços. O momento do acidente foi registrado por câmeras de segurança.

2. Ricardo Boechat (1952 – 2019)

#Retrospectiva: 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica em 2019
O jornalista Ricardo Boechat morreu em um trágico acidente de helicóptero no dia 11 de fevereiro de 2019. Ele era passageiro do helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, em cima de um caminhão. Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à praça do pedágio. O motorista do caminhão foi socorrido pela concessionária.
A outra vítima fatal é o piloto Ronaldo Quattrucci, que era sócio-proprietário da empresa à qual a aeronave está registrada. Ricardo Boechat morreu na hora em decorrência de politraumatismo causado pela queda. O momento do acidente foi registrado por transeuntes da rodovia.

3. Deise Cipriano (1979 – 2019)

Resultado de imagem para Deise Cipriano
A ex-integrante do grupo Fat Family, Deise Cipriano, morreu no dia 12 de fevereiro vítima de um câncer no fígado. A cantora, de 39 anos, estava internada em coma induzido no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.
A informação da morte foi confirmada pela assessora do grupo ao Portal da Rede TV!. “Infelizmente informamos nesta terça-feira dia 12/02 com muita dor o falecimento da Deise integrante do Grupo Fat Family. As informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas”, diz o comunicado enviado ao noticiário.
No velório da cantora, os outros integrantes do grupo, e parentes da cantora, os irmãos Sidney, Celinho, Celinha, Simone, Suzetti e Kátia prestaram suas homenagens:

4. Yasmin Gabrielle (2002 – 2019)

#Retrospectiva: 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica em 2019
Yasmin Gabrielle Amaral, de 17 anos, conhecida por suas apresentações musicais no ‘Programa Raul Gil’, do SBT, faleceu no dia 21 de abril após cometer um suicídio. A jovem participava do quadro ‘Eu e as Crianças’, onde interagia com o apresentador e o chamava de ‘vovô Raul’.
A informação da morte da adolescente foi confirmada por familiares e amigos da jovem, que também afirmaram que Yasmin sofria de depressão. Aos 10 anos, Gabrielle perdeu a mãe, vítima de um câncer, e desde então apresentava grande tristeza. A adolescente estava desde 2006 nas telas do SBT.

5. Caroline Bittencourt (1981 – 2019)

#Retrospectiva: 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica em 2019
Caroline Bittencourt foi encontrada sem vida dia 29 de abril de 2019 após cair no mar em Ilhabela durante uma forte ventania que atingiu o litoral paulista. A modelo e apresentadora passeava de lancha com o marido Jorge Sestini quando teria pulado da lancha para salvar a cadela de estimação Canjica. De acordo com o corpo de bombeiros, o barco virou por conta da correnteza.
Segundo o site Extra, a modelo tinha tomado a decisão de adiar a lua-de-mel com o marido Jorge Sestini para julho devido a compromissos profissionais. O casal oficializou a união em 26 de janeiro de 2019 em uma cerimônia intimista. Antes da morte, a modelo estava escalada para desfilar na São Paulo Fashion Week.

6. Beth Carvalho (1946 – 2019)

#Retrospectiva: 12 famosos brasileiros que nos deixaram de maneira trágica em 2019
A cantora e compositora Beth Carvalho morreu em 30 de abril de 2019, aos 72 anos. Ela estava internada há cerca de 2 meses no Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro. No ano passado, Beth fez um show histórico em cima de um divã. Com a mobilidade comprometida por causa de problemas na coluna, a sambista cantou seus sucessos deitada no show “Beth Carvalho encontra Fundo de Quintal – 40 anos de pé no chão”.
Famosos, familiares e amigos da cantora Beth Carvalho organizam um samba de 7º dia, ao invés de missa. Nas redes sociais foram divulgadas mais informações do evento: “Um dia de paz, de música, de samba, de poesia, de oração, de resistência, de amor”.

7. Gabriel Diniz (1990 – 2019)

Um dos casos mais conhecidos desta lista de famosos, Gabriel Diniz, conhecido pelo hit “Jenifer” morreu após um trágico acidente de avião em 27 de abril de 2019, em Porto do Mato, no município de Estância, no Sergipe. O campo-grandense, de 28 anos, estava com mais 2 tripulantes no bimotor que caiu em uma área de mangue. Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, ele estava a caminho do aniversário da namorada Karoline Calheiros.
Os documentos do cantor Gabriel Diniz foram encontrados nos escombros do acidente pelo Grupamento Tático Aéreo do Sergipe. No local do acidente também foi encontrada uma pasta com documentos da aeronave, de Alagoas, e um passaporte em nome de Gabriel Diniz, natural de Mato Grosso do Sul.
O cantor chegou a grava stories em sua conta do Instagram momentos antes da decolagem do bimotor que causou o acidente.

8. Rafael Miguel (1996 – 2019)

Vizinho de ator morto com os pais relata momentos após tiroteio
Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, o pai, João Miguel, de 52 anos, e a mãe, Miriam Selma Miguel, de 50, foram assassinados no dia 9 de junho de 2019. De acordo com a polícia, o pai da namorada do ator, o comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, disparou contra as três vítimas.
O ator Rafael Henrique Miguel participou da novela Chiquititas, do SBT, interpretando o papel de Paçoca. Também ficou conhecido na infância ao fazer um comercial de televisão em que um menino pede que a mãe compre brócolis, de maneira insistente.
Famosos como a apresentadora Maísa Silva, colega de trabalho do rapaz na novela, pediu que “a justiça fosse feita”. “Bizarro saber que uma crueldade dessas aconteceu, ainda mais com uma pessoa que eu conhecia. Mais vidas foram interrompidas pelas mãos de um homem. Rafael e família, descansem em paz. Que Deus conforte todos os corações. Que a justiça seja feita. Chega de assassinato”, escreveu em seu Twitter.

9. João Gilberto (1931 – 2019)

Resultado de imagem para João Gilberto
O cantor e compositor João Gilberto, de 88 anos, um dos criadores da bossa nova, morreu no dia 6 de julho de 2019, no Rio de Janeiro. A morte foi anunciada por seu filho João Marcelo Gilberto, pelas redes sociais. Artistas famosos, personalidades e familiares do cantor e compositor que revolucionou a música popular brasileira se manifestaram.
A cantora Gal Costa, um dos ícones da MPB, afirmou: “Se foi João Gilberto o maior gênio da música brasileira. Influência definitiva no meu canto. Fará muita falta, mas seu legado é importantíssimo para o Brasil e para o mundo”.
A também cantora Daniela Mercury escreveu em suas redes sociais: “Vai minha tristeza e diz a ele que sem ele não pode ser”, citando Chega de Saudade, um dos clássicos eternizados na voz de João Gilberto. Ela acrescentou ainda: “um gênio que revolucionou para sempre a música popular brasileira. João criou a Bossa Nova e me influenciou imensamente. Um dia ele me disse que eu era de sua família. E sou mesmo. Ele ensinou todos nós a cantar da forma mais bela do mundo. Vá em paz, mestre!”

10. Paulo Henrique Amorim (1943 – 2019)

paulohenriqueamorim-grande.jpeg
O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada do dia 10 de julho de 2019, aos 76 anos, vítima de um enfarte fulminante. Ele havia voltado de um jantar com amigos e se sentiu mal pouco depois de chegar em sua casa, no Rio de Janeiro.
Amorim estava na Record TV desde 2003, onde apresentava o programa ‘Domingo Espetacular’, mas havia sido afastado de suas funções na emissora desde junho. Ele também editava o site Conversa Afiada, em que fazia comentários sobre política e economia, sempre com forte teor crítico ao governo Bolsonaro.

11. Fernanda Young (1970 – 2019)

Resultado de imagem para Fernanda Young
A escritora, atriz, roteirista, apresentadora de TV e colunista morreu repentinamente no dia 25 de agosto, no sítio da família em Gonçalves, Minas Gerais. Em sua última postagem no Instagram, Fernanda compartilhou a foto do sítio e escreveu: “Onde queres descanso, sou desejo”. Era lá seu refúgio de feriados, fins de semana e férias, onde costumava se misturar aos locais não famosos e onde frequentava restaurantes e mercados.
As causas da morte não foram divulgadas mas, segundo pessoas próximas, ela teve uma crise de asma seguida de parada cardíaca. A artista chegou a ser levada a um hospital, mas não resistiu. Fernanda deixou o marido e quatro filhos.

12. Gugu Liberato (1959 – 2019)

A Record, emissora que exibe o reality show "Canta Comigo", comandado pelo apresentador Gugu Liberato, esclareceu dúvidas dos fãs sobre como continuará a programação do programa
Gugu Liberato faleceu no dia 22 de novembro de 2019, aos 60 anos em Orlando, nos Estados Unidos após um trágico acidente doméstico. De acordo com o comunicado divulgado pela família, Gugu “sofreu uma queda acidental de uma altura de quatro metros [na quarta-feira] quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão” de sua casa em Orlando.
Após a queda, o apresentador bateu a cabeça em uma quina. No momento do acidente ele estava acompanhado de Rose Miriam, com quem tem três filhos. Com a presença de várias famosos da televisão e cobertura de emissoras, o eterno apresentador do Domingo Legal foi enterrado no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, na zona oeste de São Paulo, no mesmo dia em que seu pai foi enterrado, dez anos atrás.
Fonte:Midia Max

Nenhum comentário: