Pinhão – Teatro “Quem roubou o cabelo do Rei” divertiu o público na noite de terça-feira - Cantu em Foco - O maior site de notícias online da região Cantu no Paraná

Últimas

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Pinhão – Teatro “Quem roubou o cabelo do Rei” divertiu o público na noite de terça-feira

INFORME PUBLICITÁRIO

Na noite de terça-feira dia 17 de Dezembro, o espetáculo de teatro “Quem roubou o cabelo do Rei” divertiu o público que compareceu ao SIFUMPI. A peça adaptada da história o Rei Careca de Ângelo Machado contou a história de um rei que não admitia que estava ficando careca, apesar das indiretas dadas por seus súditos e sua mãe.

O que se pode tirar de lição desta peça, é que todos nós temos defeitos e qualidades, e muitas vezes, focamos mais nos nossos defeitos, como um empecilho para que nos relacionemos com os outros. Quando não aceitamos nossos “defeitos” e  colocamos isso como uma condição de exclusão, perdemos o melhor da vida. Afastamos pessoas que nos amam como somos, e não valorizamos nossas qualidades.

A peça também valorizou talentos de crianças e adolescentes dos Projetos Fortalecer e Conviver da Secretaria de Assistência Social, apresentou a alegria contagiante do Grupo de Dança Os Donos da Rua, do Colégio Procópio, além do tradicionalismo representado pelo Grupo de Dança Gaúcha, que realiza seus ensaios na Escola Frei Francisco. A participação do Grupo Sorriso e Vida, que reúne homens e mulheres na terceira idade, trouxe aquele presença importante da experiência, do cuidado e da sabedoria, presente nos anciões no reino do Rei Frederico (o Rei Careca), como na cidades de hoje em dia.

Talentos individuais podem ser destacados  neste espetáculo, iniciando pelo Edilson Xiru no papel do Rei Frederico, sempre talentoso e caçador de talentos, que sempre nos presenteia com belas peças e mensagens especiais. A atuação do Ministro real, com sua presença sutil, firme e com a comédia no tempo certo, a mãe do Rei Frederico também trouxe sua presença imponente de Rainha, com a sutileza de uma mãe preocupada com o filho. A camareira e suas reações às ordem dadas à ela, foi uma comédia a cada ato, assim como o carteiro.

Passaram ainda pelo Palco, uma bruxa  com a  promessa de fazer nascer cabelo na cabeça do Rei, um padre, que com sua oração procurou ajudar ao rei a realizar seu desejo de voltar a ser cabeludo e conquistar uma noiva, noiva esta, que foi um  ponto marcante para a aceitação do rei em ser careca. O Pajé e os membros de sua tribo, foram ótimos, tanto na caracterização, como na atuação, coisa que também se percebeu no agricultor e na médica. Aliás, todos eles talentosíssimos que conseguiram arrancar risadas do público presente.

Não é possível não destacar, dentre todas as gargalhadas que se ouviu na noite de terça, a risada contagiante de uma criança em especial, que desde o início até o final riu com a simplicidade peculiar de uma criança em todos os atos, desde a forma de caminhar do Rei, até nos momentos de maior graça. E contagiou a todos, que quando não riam das cenas, eram levados Às gargalhadas pelas gargalhadas dela.

O Rei que ficou careca, percebeu que as pessoas ao seu redor só queriam o seu bem, e que o cabelo era apenas um detalhe, para ele muito importante, mas que a ausência do cabelo não o deixaria feio ou afastaria ele dos outros. Importante pensarmos, não só nesta época de Natal, mas em todos os dias, que somos como somos, altos, baixos, magros, gordinhos, negros ou não, cabeludos ou carecas, TODOS somos especiais, pois somos únicos e sempre temos algo de muito bom para oferecer e estamos prontos a receber o melhor do próximo. A mensagem é de um Feliz Natal, não só neste dia 25, mas nos dias que ainda faltam até 2019 terminar, e em TODOS os dias de 2020, 2021. 2022… Enfim, SEMPRE!!

Prefeitura de Pinhão

Nenhum comentário: