Vestibular Unicentro: saiba o que fazer nesses dias que antecedem a prova - Cantu em Foco - O seu site de notícias da Cantu

Últimas

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Vestibular Unicentro: saiba o que fazer nesses dias que antecedem a prova



Professores da Rede de Ensino Alfa recomendam não mudar muito a rotina e focar na resolução da prova do ano anterior como treino

Está chegando a hora da prova mais esperada do ano para os vestibulandos de Guarapuava e região. O vestibular da Unicentro (Universidade Estadual do Centro Oeste), acontece na semana que vem, nos dias 22 e 23 de setembro, com 8.389 inscritos que vão disputar 1.355 vagas, sendo 293 para os cotistas. As oportunidades são para Guarapuava (campus Santa Cruz e campus Universitário CEDETEG), Irati, Chopinzinho, Pitanga, Prudentópolis e Coronel Vivida. Para garantir uma delas, é preciso saber bem o que fazer nesses dias que antecedem a prova, para que a ansiedade não atrapalhe o desempenho.

Quem é aluno da Rede de Ensino Alfa já sabe: a recomendação é não mudar a rotina em vésperas de vestibular. “Não é agora que o aluno deve começar a estudar de madrugada, por exemplo. Se ele tem o hábito de dormir às 22h e, de repente, começa a estudar até 3h, vai desregular todo o organismo. Então, é importante manter o ritmo”, aconselha o professor Jefferson Antunes.

Tendo consciência de que, nesse momento, não é possível revisar todo conteúdo, a recomendação é apenas redirecionar os estudos, focando principalmente naquelas disciplinas em que o estudante tem mais dificuldade. “Ele pode centrar em resolver provas de anos anteriores. No caso da Unicentro, especialmente a prova do ano passado, que foi a primeira para o curso de Medicina, o que acaba mudando um pouco o perfil da prova”, detalha o professor.

No domingo (23), o candidato terá que resolver as questões objetivas de Língua Portuguesa (15), Literatura (5), Língua Estrangeira (10) e uma Redação. Já na segunda-feira (23), a prova será voltada para as questões específicas de cada curso. Para isso, os estudantes vão ter quatro horas disponíveis: das 14h às 18h. Para otimizar a resolução, a dica é não perder muito tempo em uma única questão. “O aluno deve priorizar o que ele tem mais facilidade, não pode perder tempo em uma questão muito difícil, senão não consegue resolver o resto. Se encontrou uma dificuldade inicial, não pode ficar ‘patinando’. Então, primeiro ele precisa passear pela prova, depois voltar para resolver aquelas questões que deve demorar um pouco mais. E também pensar no tempo necessário preencher o cartão resposta”, alerta Jefferson.

É fundamental que o aluno compareça ao local de prova pelo menos meia hora antes do fechamento dos portões, levando documento de identificação original com foto e caneta de material transparente com tinta preta ou azul. E, claro, conferindo o ensalamento: em Guarapuava, Irati, Laranjeiras do Sul e Pitanga há mais de um local de realização das provas. Por isso, vale acessar o site www.unicentro.br/vestibular e verificar as informações por meio do “Menu do Candidato”.

Ah, e não “pilhar” com a chamada “setembrite” também é importante! “Nessa época o aluno fica incomodado com tudo, mas tem que entender que ele estudou esse tempo todo para isso, para este momento! Não pode colocar tudo a perder por preocupação, já foi feito o que devia ser feito! A gente prepara eles para se sentirem calmos e para não carregarem um peso muito grande”, finaliza o professor.

Resultados
Referência em aprovações nas mais conceituadas universidades, o Alfa também tem tradição em bons resultados na Unicentro. No ano passado, foram 9 aprovações em Medicina, sendo 1º e 2º lugares ocupados por alunos Alfa.

Uma das alunas aprovadas e bem colocadas na prova anterior foi Carla Gabrielli Pasqualotto, que hoje está fazendo o curso dos sonhos e aconselha quem está na mesma busca a ter confiança no que estudou. “Hoje eu sei que a minha insegurança me deixa muito pra trás em tudo o que eu me proponho a fazer. Muitas vezes eu errava mesmo as matérias que eu sabia porque nunca acreditava o suficiente em mim. Então o meu conselho é: estudar principalmente as matérias específicas (no vestibular da Unicentro isso faz muita diferença). Não ter autocompaixão, saber que estamos no cursinho por um objetivo que é nosso e de mais ninguém. Estudar com felicidade, porque a vida não é uma prova, é muito mais do que isso. E, por fim, acreditar que, por mais concorrido que seja, ter autoconfiança é um ponto muito importante para conquistar a vaga; e controlar o tempo de prova também!”, recomenda Carla.

Nenhum comentário: