Estado entrega equipamentos para unidades socioeducativas - Cantu em Foco - O seu site de notícias da Cantu

Últimas

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Estado entrega equipamentos para unidades socioeducativas

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho entregou nesta quinta-feira (25) novos equipamentos para as 27 unidades de socioeducação. São 460 rádios HT, 150 TVs, 20 fogões. Também foram doados pela Receita Federal 261 vídeogames, 145 tablets e 34 notebooks.
O secretário Ney Leprevost disse que esses equipamentos serão distribuídos para garantir e trazer mais segurança aos profissionais e ajudar na ressocialização dos próprios adolescentes que cumprem medidas socioeducativas”.
“Contamos com o empenho e comprometimento de cada um dos profissionais que atuam nas unidades para fazer do sistema socioeducativo o melhor do país”, disse o chefe do Dease, David Antônio Pancotti.
Os repasses reforçam o comprometimento do governador Carlos Massa Ratinho Júnior com o a melhoria contínua do sistema socioeducativo do Paraná.
CRAS E ÔNIBUS – Leprevost também entregou um ônibus adaptado para pessoas com deficiência e um Cras (Centro de Referência da Assistência Social) para o município de Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Esta é a 10ª unidade entregue este ano, ampliando a rede para 580 Cras em funcionamento nos 399 municípios do Estado. Também foi entregue um ônibus adaptado para ser utilizado pela Apae, no transporte de pessoas com deficiência. “Estou muito feliz em entregar um Cras e um veículo adaptado, porque as prioridades da nossa gestão são a criança, o idoso, a pessoa com deficiência e a geração de empregos”, disse o secretário.
Todos os ônibus foram adquiridos com recursos do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas), do Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), em parceria com a Secretaria, pelo programa de incentivo ao PcD. “Com estas entregas contabilizamos 41 vans e ônibus adaptados para entidades que atendem pessoas com deficiência, afirmou Ney Leprevost, lembrando que é prioridade do governo a atenção integral às pessoas que não tem acesso à cidadania, promovendo seu bem-estar físico, psicológico e social.
O Cras é a porta de entrada da assistência social, localizada prioritariamente em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, onde são ofertadas ações para fortalecer a convivência familiar e comunitária, como o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. Na unidade, os cidadãos também são orientados sobre os benefícios assistenciais e podem ser inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
AEN

Nenhum comentário: