Cantu

Governo Municipal e Braspol Virmond discutam preparativos para o Centenário da Colonização Polonesa


Programada para o dia 25 de maio de 2021, os 100 anos da Colonização Polonesa será um marco histórico para o município e uma grande homenagem aos primeiros colonizadores que aqui chegaram.

Faltando ainda um ano e 11 meses, muitas coisas já estão sendo preparadas para esta grande celebração. Durante a 2ª Edição da Expovir em 2018, no 7º Encontro de Turismo, o Governo Municipal lançou o selo comemorativo, que será disponibilizado em parceria com os Correios para correspondências que saírem do município.

Outros projetos já vêm sendo realizados, como a revitalização da Imagem de Nossa Senhora das Graças na Praça Mitislau Palinski, que atrai centenas de visitantes, assim como em fase de projeto, a restauração da Casa da Memória e a revitalização da Praça.

Na última reunião foi discutido a construção do Busto do colonizador Ladislau Radecki (Władysław Radecki) em frente à Casa da Memória, e por meio de Lei, o Auditório Municipal poderá ser chamado de “Auditório Municipal Ladislau Radecki”, homenagem esta, porque Ladislau é considerado o "Pai da Colonização" em Virmond, sendo ele engenheiro e administrador responsável pelas vendas dos lotes de terra na antiga Fazenda Amola Faca.

Outros projetos em pauta para 2021 estão, quanto ao Lançamento de mais dois Livros do escritor e historiador Geraldo Zapahowski, sendo um a “Colonização Polonesa na Fazenda Amola Faca" e o outro intitulado como "Raízes da Polônia em Virmond", que aborda famílias, fotos, datas, curiosidades sobre os sobrenomes que buscam o histórico familiar desde a Polônia.

No Cemitério Municipal será criado um memorial no local onde existe uma Capela, e será confeccionada uma placa em aço escovado e fixada na parede central interna com os nomes dos colonizadores nascidos na Polônia que estão sepultados em Virmond. Tendo abaixo um altar em mármore, com uma luz em forma de chama, onde todos poderão prestar homenagens aos familiares falecidos que deixaram a Polônia e adotaram o Brasil como pátria e descansam em paz em solo virmondense.

A partir do mês de julho, dois trabalhos serão iniciados pela Comunicação Social, a digitalização e o registro fotográfico de todo acervo histórico da Casa da Memória, o qual se transformará em um Museu Virtual podendo ser acessado diretamente no portal da prefeitura pelo endereço eletrônico www.virmond.pr.gov.br.

Inicia também no próximo mês a gravação do Documentário da Colonização Polonesa, que conta um pouco da vinda para o Brasil, em especial para a antiga Colônia Amola Faca. Será realizada a captura de imagens de antigos locais e residências, com entrevistas com alguns descendentes poloneses e muito mais.

Dentro da parte religiosa, ainda não discutida em pauta, uma das ideias é o encontro dos descendentes das Famílias Colonizadoras com os antigos quadros de Nossa Senhora do Monte Claro, trazidos em viagem dentro do navio, que segundo o Pároco, Pe. Piotr Poszwa era considerado pelas famílias como um dos maiores tesouros trazidos da Polônia.

Para finalizar parte das ações em comemoração ao Centenário da Colonização Polonesa, será encaminhado para a Câmera de Vereadores o Projeto de Lei que cria o "Dia do Colonizador Polonês", sendo o dia 25 de maio, a data oficial que entra para o calendário do município e será lembrado e comemorado nas escolas, repartições públicas e sociedade em geral.

Segundo o prefeito Neimar Granoski, “estamos muito entusiasmados por enaltecer esta importante data, a qual chegaram os primeiros colonizadores. Os 100 anos de colonização acontece em 2021, já entra para uma nova gestão, mas assumimos como compromisso a execução de tudo o que for necessário na preparação para este importante marco histórico, que já está sendo organizado com muito carinho desde agora” finalizou.





Prefeitura de Virmond
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.