Pinhão – Agroindústrias Familiares do município se tornam referência para outras cidades - Cantu em Foco - O seu site de notícias da Cantu

Últimas

terça-feira, 18 de junho de 2019

Pinhão – Agroindústrias Familiares do município se tornam referência para outras cidades

O trabalho de apoio e incentivo para à formalização das Agroindústrias Familiares em Pinhão é uma das principais politicas de desenvolvimento do meio rural implantado pela atual administração. Desde o início do ano de 2017, uma equipe técnica  da Prefeitura desenvolve ações para facilitar o trabalho dos produtores na industrialização da sua produção e tudo começou com a atualização da lei do SIM – Sistema de Inspeção Municipal, que permite a abertura de espaços de comercialização, como por exemplo, nos supermercados locais.
O prefeito Odir Gotardo destaca que as Agroindústrias Familiares são ótimas alternativas para a geração de emprego e renda para quem vive no campo.
“Estas agroindústrias são estruturas pequenas, mas suficientes para agregar valor à produção da agricultura familiar que muito forte em nosso município e isso consequentemente gera mais renda para os pequenos produtores”.
O trabalho de pouco mais de dois anos já resulta em vinte e oito agroindústrias familiares formalizadas e com uma grande diversidade de produção, como por exemplo, os panificados; os embutidos; o queijo e o frango, produtos que podem ser adquiridos em vários supermercados da cidade.
O sucesso destas ações já chama atenção de outros municípios e torna as agroindústrias familiares de Pinhão uma referencia. Recentemente uma comissão formada por representantes do município de Pitanga, visitou algumas das agroindústrias para conhecer como funciona esta politica publica de geração de renda.
A vereadora e presidente do poder legislativo do município de Pitanga, Eloy de Lourdes Ottoni, destacou o quanto isso pode desenvolver a economia de uma cidade.
“Esta ação é importante, pois agrega valor a um produto local e por consequência o dinheiro acaba circulando na própria cidade, uma vez que, desde a industrialização ate o consumidor final, todo o processo acontece dentro do município”.  
Os visitantes foram acompanhados pelos secretários municipais de Agricultura, Divonzir Machado e de Meio Ambiente, Urbanismos e Habitação, Valter Israel. 

Nenhum comentário: