Cidades

Dono de empresa de vigilância é suspeito de estuprar criança no Litoral

Equipes do 9° Batalhão da Polícia Militar prenderam, no último domingo (23), um homem de 36 anos suspeito de estuprar uma menina de 11 anos em Matinhos, no Litoral paranaense. Ele é dono de uma empresa de vigilância no município. Além disso, ele também responderá por porte ilegal de arma.
De acordo com a polícia, uma denúncia anônima, por volta das 11 horas da manhã, deu conta de que os familiares da vítima alegavam que ela e mais um amigo, com a mesma idade, haviam fugido de casa, mas se arrependeram do ‘atitude impensada’ e ligaram para o pai do garoto.
Após o contato, as duas crianças esperaram pelo adulto em uma panificadora no balneário Solymar, quando o suspeito apareceu em uma bicicleta e os acompanhou pela rodovia. Pouco tempos depois, segundo relatos, um veículo Fiat Idea, de cor prata, se aproximou dos jovens e ofereceu uma carona.
O garoto foi abandonado pelo motorista em um posto de gasolina no balneário Riviera e saiu com a menina, que foi levada até a região da Praia Mansa, em Caiobá, onde teria acontecido a violência sexual.
À polícia, a garota relatou que o suspeito estava usando um colete, do qual retirou um revólver. Ela contou ainda que logo após o crim,e o homem a colocou no carro e a deixou em um local afastado. A vítima passou por exames no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes e o estupro foi confirmado.
Após ações policiais na região, o homem foi preso com a posse de uma arma de fogo ilegal. Ele foi conduzido à delegacia de Matinhos.
Banda B
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.