Paraná

Mulher cega de 77 anos foi estuprada pelo neto na região de Maringá


O principal suspeito de ter violentado uma mulher de 77 anos, que é deficiente visual, na cidade de Sarandi, na região metropolitana de Maringá, na última semana é o próprio neto dela. A vítima ainda não prestou depoimento à polícia, uma vez que está hospitalizada, mas o delegado Adriano Garcia já conversou com ela, que contou que reconheceu o neto pela voz e cheiro. O delegado disse que pediu a prisão temporária do neto, que não foi localizado pela polícia.

A vítima relatou que foi obrigada a retirar toda a roupa e praticar o sexo com o homem. Depois de manter relação sexual, o estuprador foi até o banheiro, urinou e foi embora. A filha da vítima ao saber da própria mãe o fato foi até o vaso sanitário e consegui coletar a urina do estuprador para entregar aos policiais. 

O delegado contou que o principal suspeito de ter cometido o estupro chegou a voltar na casa, mas negou para a família ter praticado o crime.

 Goionews – Com informações de André Almenara.


Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.