Brasil

Ingressos da turnê de Sandy & Junior são investigados

O tribunal determinou, que a empresa responsável pela comercialização dos tickets preste esclarecimentos O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) apura denúncias de supostas irregularidades na venda de ingressos para os shows da turnê Nossa História, de Sandy & Junior. O tribunal determinou, na quarta-feira (27), que a empresa responsável pela comercialização dos tickets preste esclarecimentos. As informações são do site do Yahoo. Por determinação do juiz titular da 14ª Vara Cível de Brasília, a empresa Live Nation Brasil deverá apresentar um relatório minucioso das vendas realizadas virtualmente e presencialmente, no qual deverá informar a quantidade de ingressos vendidos no total, os CPFs dos compradores e a quantidade vendida a cada um desses CPFs. A Live Nation Brasil tem o prazo de 5 dias para se manifestar sobre as acusações, correndo risco de multa diária de até R$ 50 mil no caso de descumprimento. O TJDFT também determinou o cancelamento das compras que não respeitaram a regra de até seis inteiras e duas meia entradas por CPF, além de colocar novamente à venda os excedentes que descumpriram esse número. No Instagram, a empresa fez uma postagem na tarde desta quinta-feira (28) afirmando que “limitou a venda a seis ingressos por pessoa” no show de Sandy & Junior e que “é contra a atividade de cambistas”.

A rede
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.