Brasil

Homem atropela e mata namorada após ela dançar em festa infantil no MS

Uma mulher foi atropelada pelo namorado, com quem estava há dois anos, após uma discussão numa festa de aniversário infantil, por volta das 20h em Caarapó, Mato Grosso do Sul. Segundo o delegado Anezio Rosa de Andrade, o autor do crime, identificado como Thiago Belastorre, de 29 anos, nem tentou fugir. Ele foi preso e não esboçou qualquer arrependimento de ter atropelado e matado Carla Sampaio Tanan, de 36 anos. — No depoimento, ele chegou a forçar um choro, mas nós vimos que não era sincero — disse Anezio. — Pela forma como estava o veículo, estão descartadas as hipóteses de acidente e de que ele não viu a vítima. Foi feminicídio consumado. Ainda de acordo com o delegado, o casal morava em Dourados, a 52 quilômetros de Caarapó, para onde foi comemorar os 4 anos do sobrinho de Thiago. — O namorado estava meio chateado porque a Carla estava dançando.

Era uma festa infantil, num ambiente familiar, e ela estava feliz, mas o Thiago é possessivo e ciumento. O próprio cunhado dele confirmou isso. Eles discutiram e foram para a casa do cunhado dele, onde a briga continuou. O Thiago alega que não a viu na frente do veículo, mas testemunhas dizem que o carro passou por cima dela mais de uma vez, e a perícia apontou pelo menos duas vezes — contou Andrade. O pai do aniversariante (cunhado de Thiago) confirmou para a polícia que ele tinha muitos ciúmes da Carla. Segundo ele, o autor do crime tinha dito na festa que aquela seria a última vez que ele a veria. Andrade contou que o cunhado não entendeu muito bem o que Thiago quis dizer com aquilo, imaginando que talvez eles fossem terminar o namoro. — A discussão teria começado por causa do ciúme. Os parentes disseram que o relacionamento era conturbado, mas não havia boletins de violência doméstica registrados contra ele — afirmou o delegado. — Infelizmente foi mais um caso de violência doméstica.

 (Extra).
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.