Brasil

Vice-prefeito quebra radar móvel na "bicuda" em São Paulo

O vice-prefeito de Sumaré (SP), Henrique Stein Sciascio, o "Henrique do Paraíso", utilizou sua página oficial em uma rede social onde aparece chutando e quebrando um radar móvel instalado na avenida Fuad Assef Maluf, na região do Jardim Picerno. "Na minha cidade, não!", grita o político, que diz agir a mando do prefeito, Luiz Dalben, e determina ao secretário de transportes que retire todas as "porcarias móveis" da cidade. Ele ainda leva o equipamento e avisa. "Retira dentro do meu gabinete, que eu quero ver quem vai retirar." O vice-prefeito ainda diz aos funcionários da empresa responsável pelo radar que o sistema de monitoramento móvel "não é moral". "A gente tem que fazer uma fiscalização justa, digna e com moralidade, não fazer isso aqui, não." O político leva o equipamento até a caçamba de uma caminhonete e a transmissão é encerrada.

'Objetivo cumprido' Questionada sobre o episódio, a Prefeitura de Sumaré emitiu uma primeira nota, às 17h57, em que afirma que "o vice-prefeito é responsável pelos seus atos" e que o prefeito ainda não havia assistido ao vídeo. Às 20h16, a Prefeitura emitiu nova nota, dizendo que ao término de sua agenda de compromissos, o prefeito Luiz Dalben tomou conhecimento do vídeo e convocou o vice ao seu gabinete "para prestar esclarecimentos." "Isso porque havia uma determinação anterior do prefeito Luiz Dalben, para que o vice fosse até os locais onde os aparelhos estavam instalados e retirasse os radares móveis das vias.

Entretanto, o vice explicou ao prefeito que, ao ouvir as reclamações dos munícipes e a falta de transparência na colocação do aparelho – o que vai contra os princípios desta Administração - exaltou-se e acabou tomando a atitude registrada na gravação", diz o texto. O comunicado termina afirmando que prefeito e vice ressaltam que o objetivo, "que era retirar os radares móveis, foi cumprido". "A Prefeitura preza por uma gestão clara e transparente e trabalha para oferecer serviços que não prejudiquem os moradores", completa a nota.
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.