Turvo - Polícia Civil está muito próximo de esclarecer morte de Suellen - Cantu em Foco - O seu site de notícias da Cantu

Últimas

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Turvo - Polícia Civil está muito próximo de esclarecer morte de Suellen

Investigadores da 14ª SDP de Guarapuava estão a campo nas investigações que poderá apontar a causa morte da jovem Suellen Weber (18), que faleceu no sábado (2), na cidade de Turvo. A nossa reportagem conversou com a avó da garota, senhora Edith Novalski Stdler, de 65 anos, onde a mesma contou que Suellen teria saído de casa na sexta-feira (1), por volta das 22hs e retornado por volta das 3hs, que ao chegar em casa não conseguiu abrir a porta, com o barulho, a idosa acordou e ao abrir a porta se deparou com a jovem caída ao chão, se queixando de dores na cabeça, que em seguida se dirigiu ao quarto indo dormir. 

Na manhã seguinte Dona Edith estranhou o fato de Suellen não ter acordado, indo ver o que teria acontecido, se deparando com a mesma desmaiada na cama, pedindo ajuda a vizinhos que encaminharam ao hospital. Vindo a falecer mais tarde. “Ela parecia estar dopada, anestesiada. Se tivesse me pedido ajuda a noite, teríamos socorrido a tempo. Agora é ficar com a dor e a saudade de uma menina querida, obediente e que estava na minha casa para me cuidar”, lamentou Dona Edith. Suellen estava há poucos dias morando no centro de Turvo com avó, ela que é moradora da Comunidade São Jeronimo, interior do município, onde sempre morou com o pai e dois irmãos. A avó disse que a jovem não fumava e até então não possuía vícios de álcool ou drogas.
Policiais civis já levantaram imagens de câmeras, que deverá apontar que são os quatro homens que teriam deixado Suellen na porta da casa da avó, na madrugada de sábado. De acordo com o delegado, Bruno Miranda Maciozek, após o comunicado de morte pela equipe médica, onde a jovem apresentava escoriações e hematomas, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde os laudos deverão ser divulgados nos próximos dias. “Nossa equipe está em campo investigando, mas ainda não existe inquérito instaurado.
 Um advogado se apresentou em nomes dos rapazes que estiveram com Suellen na noite dos fatos. Vamos confrontar as informações e assim esclarecer o que aconteceu”, destacou o delegado. Além do celular da vítima, a polícia está coletando imagens de locais públicos onde Suellen esteve na noite de sexta-feira para sábado. O Delegado informou que populares teriam comentado uma possível queda de moto ou tentativa de pular de algum veículo, por isso os ferimentos apresentados na vítima.

Extra Guarapuava 

Nenhum comentário: