Cidades

Diamante do Sul - Polícia Civil prende acusado de estuprar os seis filhos

Na manhã de hoje (21), a equipe da Polícia Civil de Guaraniaçu prendeu preventivamente o investigado D.S pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável cometidos contra seus seis filhos. Durante aproximadamente uma semana foram colhidos inúmeros depoimentos que apontaram a suposta prática de crime sexual cometido pelo autor no âmbito familiar. Ao longo das diligências foram ouvidos quatro filhos do investigado, sendo constatado em seus relatos que os “abusos sexuais” tiveram início ainda na infância, sendo estendidos até a adolescência; inclusive há a informação de que alguns atos sexuais foram presenciados pelos outros filhos do investigado. A notícia quanto aos “abusos sexuais” veio à tona após a morte de V.F.M.S em decorrência do suicídio por enforcamento, fato ocorrido no dia 29 de janeiro de 2019 na cidade de Diamante do Sul. De acordo com os informes, o jovem dormia com o investigado há aproximadamente dois anos, ocasião em que era “abusado sexualmente” durante as noites.

 A Polícia Civil já trabalha com a hipótese de que V.F.M.S deu cabo à própria vida devido ao extremo abalo emocional por conviver com esta situação durante longo período. Outrossim, em todas as oitivas notou-se traços de tristeza, desânimo e traumatismo por parte dos jovens, na medida em que, na mesma família houve o suicídio de V.F.M.S e a questão dos “abusos sexuais” em curto lapso de tempo. Segundo os relatos, o investigado sempre proferia ameaças após o ato sexual, recomendando que não contassem a ninguém sobre o ocorrido, sob pena de retirar os pertences das crianças e adolescentes e não prover mais o sustento da casa. Em sede de interrogatório policial, o investigado negou todas as acusações contidas no procedimento criminal. Com o Inquérito Policial próximo de seu encerramento, o indivíduo encontra-se preso no SECAT/Guaraniaçu aguardando o pronunciamento judicial.

CGN
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.