Cantu

Comissão de entidades públicas e sociedade civil debate o turismo em Rio Bonito do Iguaçu


Na tarde de terça-feira, 12, no Centro de Formação em Rio Bonito do Iguaçu, se reuniram representantes entidades do município, entre órgãos públicos e da sociedade civil para dar início à reestruturação do Conselho Municipal de Turismo.


O encontro foi organizado pelo produtor rural Maurício Anhaia e com apoio do Governo Municipal e da entidade Lagos e Colinas – esta vincula a Associação dos Municípios da Cantuquiriguaçu e com respaldo do Paraná Turismo – PRTUR.


Durante as apresentações dos participantes, o artesão Malaquias Moreno, conhecido como Chico Chileno do município de Cantagalo, fez uma explanação sobre sua experiência de trabalho no “Detur Lagos e Colinas”. Ele também apresentou uma cartilha orientando como o futuro conselho deverá proceder em busca de sua formação e conquista de recursos para desenvolver o turismo sustentável em Rio Bonito do Iguaçu.


Em 2007, através da Lei Municipal Nº 644/2007, foi criado o Conselho Municipal de Turismo, qual prevê por representação de membros do poder público e da sociedade civil. Mas para se adaptar as atuais regras de conselhos e viabilizar a busca de públicos para investimentos, na reunião foi tratado que deverá ser encaminhado através do Poder Executivo ou da Câmara, a alteração da atual Lei ou criação de uma nova.


O encontrou serviu para iniciar os encaminhamentos para a formação do novo Conselho Municipal de Turismo. “Sem esse conselho, Rio Bonito pode ficar de fora do mapa do Paraná Turismo e do Ministério do Turismo. A Detur Lagos e Colinas, nesta reunião representada por mim, agradece o convite do senhor Maurício Anhaia e dos demais, onde pudemos trazer esclarecimentos e a necessidade do município em criar este conselho”, explica Chico Chileno.


“Com as modificações na Lei e com a reestruturação do Fundo Municipal de turismo, órgão diretamente ligado a Administração Pública e estando tudo regulamentado, o município tem a possibilidade de adquirir recursos com valores iniciais em R$ 130 mil por ano, dentro dos projetos realizados. A contrapartida se daria somente com autorização do Conselho Municipal, para assim desenvolver os projetos”, acrescenta Chileno.


Na Portaria Nº 098/2017, o atual prefeito Ademir Fagundes (Gaúcho) designou um representante do serviço público para responder junto ao Departamento de Turismo. Diante desta parte legal já existente, os presentes à reunião discutiram se deveria ser formada uma comissão para organização deste processo de legalidade e, posteriormente, convocar todos os interessados na área de turismo.


Após o debate, a comissão ficou composta pelo senhor Maurício Anhaia; por Dennis Migliorini, representando o Departamento de Comunicação da Prefeitura; do vereador Claunir Viola, representando à Câmara Municipal; professora Terezinha Rocha, representando o Colégio Estadual Iraci Salete Strozak; Lucas Travassos Deda, representando a Emater e Ana Paula Kapazi, representando a Acerbi.


Reestruturação do Conselho


O artesão e membro do Detur Lagos e Colinas, Chico Chileno, esclarece que através desta reunião, foi o primeiro passo para a reestruturação do conselho.


“A possibilidade de se trabalhar sem cores partidárias os projetos que vem sendo apresentados através deste futuro conselho e do fundo municipal, com responsabilidade do tesoureiro da Administração Pública, podemos ir atrás dos recursos destinados. O conselho é consultivo e pretende chamar seus membros para reuniões e assim deliberar ações. Nenhum projeto pode ser executado sem autorização do conselho”.


“É importante que todas as entidades e a sociedade civil do município participem. Desde o comércio formal até aquele artesão, aquelas pessoas que faz lanches, aquele dono de loja que vende materiais de pesca esportiva e outros, enfim, é algo que abrange a todos se o turismo for fomentado. Com os recursos se pode até capacitar melhor esses trabalhadores”, aponta Chico Chileno. 


“Esperamos no futuro ter um conselho forte e quando colocarmos as informações e potenciais turísticos de Rio Bonito do Iguaçu e região na internet, todo mundo vai ver e poderemos ter turistas até de fora do país. São perspectivas de futuros projetos para o turismo”, conclui.


Participaram da reunião o produtor rural Maurício Anhaia; o vereador Claunir Viola; o representante do Detur Lagos e Colinas, Chico Chileno; o professor da UFFS, Julian Perez Cassarino; Ana Paula Kapazi da Acerbi; Hamilton Belloni e Paulo Cesar Brustolin, da Secretaria Municipal de Agricultura; Lucas Travassos Deda da Emater-PR; Sidnei Southier da Santiago Pesca Esportiva; professora Terezinha Rocha do Colégio Estadual Iraci Salete Strozak e Thiago Gonçalves de Souza da Ceagro (Quedas do Iguaçu) e a artesã Claonice Guilman.





Assessoria Comunicação RBI
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.