Paraná

Moradora coloca fogo na própria casa e morre carbonizada em Curitiba


A moradora de uma casa no Jardim Guarani, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, morreu carbonizada em um incêndio no fim da manhã desta segunda-feira (3). Segundo o Corpo de Bombeiros, Dilceni Terezinha Felipini, 56 anos, teria ateado fogo na própria casa durante um surto. O neto e a filha que moram na mesma casa conseguiram escapar sem ferimentos.

A casa fica na rua Cambará e ficou completamente destruída. Vizinhos acionaram a emergência, disseram que o Corpo de Bombeiros chegou em menos de dez minutos, mas as chamas se alastraram rapidamente. O capitão Daniel Lorenzetto, do Corpo de Bombeiros, garantiu que a destruição foi total. “Tínhamos a informação de que havia uma pessoa dentro da casa, que ela teria problemas psicológicos e teria ateado fogo na própria casa. A casa foi totalmente destruída, tomada pelas chamas, sem qualquer possibilidade de a equipe adentrá-la para tentar fazer a busca ou o resgate da pessoa. Foram resguardadas as casas vizinhas para que o fogo não se alastrasse, mas infelizmente a mulher morreu no local”, descreveu o capitão à Banda B.

São várias casas próximas entre si e a agilidade dos bombeiros fez com que as chamas não se alastrassem para as casas vizinhas. “Essa mulher tinha depressão, ela mesma ateou fogo na casa, pelo que tudo indica. Mas, isso tudo apurado”, completou Daniel.

Família
Uma outra filha da vítima, Renata da Silva, 20 anos, foi até o local para acompanhar os trabalhos dos bombeiros, disse que a mãe era aposentada por invalidez, morava na casa há anos e confirmou a versão de transtornos psicológicos. O corpo da moradora foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. 

Fonte:Banda B
Cantu em Foco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.